Home - Convergência Digital

Cursos de IoT e de computação em nuvem chegam à HSM University Code School

Convergência Digital* - 10/08/2020

A HSM University Code School, que tem como objetivo formar profissionais para o mercado de tecnologia, fechou acordo com  a Cisco e a Amazon Web Services. A partir de julho, serão disponibilizados dois novos cursos sobre Internet das Coisas e Computação em nuvem, respectivamente.

"Essas são formas de oferecer aos nossos alunos conteúdos cada vez mais inovadores, atualizados e que contribuem para o desenvolvimento dos estudantes, com informações robustas e importantes para seus mercados de atuação. Além disso, eles contarão com professores qualificados e laboratórios práticos, onde os alunos podem testar na prática o que aprenderam em teoria", explica João Diogo, gestor da HSM University Code School.

Cada vez mais presente no cotidiano das pessoas, o IoT ou Internet das Coisas tem possibilitado uma grande quantidade de novas aplicações, tanto no ambiente residencial, como no corporativo, atuando em diferentes vertentes como, por exemplo, em cidades inteligentes, saúde e automação de ambientes. Pensando nisso, as companhias passam a oferecer o curso Cisco IoT, no qual os alunos poderão entender o teórico, assim como as funções dos elementos que formam uma arquitetura de IoT, seus conceitos e dispositivos, e aplicar este conhecimento por meio do desenvolvimento, execução e implementação de projetos utilizando as principais ferramentas disponíveis.

Com duração de quatro semanas, além das aulas online com professor especializados e material do Cisco Networking Academy, programa global de educação da empresa, os alunos terão aulas práticas em laboratório, por meio do simulador Cisco Packet Tracer, o programa educacional permite simular uma rede de computadores, por meio de equipamentos e configurações presentes em situações reais. No final, o aluno recebe um certificado.

Amazon Web Services - AWS Academy

A computação em nuvem trouxe novas possibilidades para as empresas, como otimização de recursos, melhoria de desempenho, redução de custos e facilidade de gerenciamento. Os profissionais que possuem qualificação em serviços na nuvem têm se destacado e se tornando essenciais no desenvolvimento das empresas, ajudando-as a enfrentar os desafios e fornecendo as soluções que o novo cenário exige.

Durante nove semanas, os estudantes aprenderão com os educadores credenciados da AWS Academy conceitos fundamentais sobre a tecnologia e a infraestrutura na nuvem. O curso da AWS Academy é desenvolvido e mantido por especialistas da AWS nos temas abordados, garantindo que o conteúdo esteja alinhado aos serviços e atualizado às melhores práticas adotadas pela empresa.

O curso também contará com laboratórios práticos, proporcionando um dashboard real do ambiente AWS para que os estudantes possam aplicar seus conhecimentos em um cenário real de computação em nuvem. Ao final do curso, os alunos estarão preparados para realizar o exame AWS Certified Cloud Practitioner.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

18/01/2021
Multinacional de TIC oferece 5 mil bolsas de estudos em cursos de programação

15/01/2021
TIVIT vai formar 20 desenvolvedores em programa de Jovem Aprendiz

18/12/2020
XP vai abrir 176 vagas para engenheiros de software

14/12/2020
Grupo irlandês lança escola de tecnologia e oferece 100 bolsas no Brasil

07/12/2020
Apple e Centro Universitário Senac capacitam alunos no desenvolvimento de aplicativos

01/12/2020
Digital House oferece 400 bolsas de estudos

26/11/2020
Academia de talentos abre vagas para negros, mulheres, LGBTI+ e pessoas com deficiência

25/11/2020
Média salarial de profissional de TI no Brasil ficou em R$ 4.849,00

16/11/2020
Escola do Trabalhador 4.0 sai do papel em março de 2021

13/11/2020
Escola de TI e Inovação oferece imersão gratuita em cloud e cibersegurança

Veja mais artigos
Veja mais artigos

A confiança é ganha com mil atos e perdida com apenas um

Por Luis Banhara*

À medida que o conceito de trabalho se descola dos escritórios, mesmo que parcialmente, surgem novos desafios de segurança. A superfície de ataque foi ampliada.

Destaques
Destaques

Na liderança, curiosidade insana e coragem impactam mais que a competência

Vice-presidente para setor público na AWS, Teresa Carlson, e Indra Nooyi, membro do board da Amazon e ex-CEO e chairman da PepsiCo, admitiram que a Covid-19 tem provocado crises existenciais em muitas pessoas e que, há, sim, um forte e um injusto desequilíbrio para as mulheres.

Média salarial de profissional de TI no Brasil ficou em R$ 4.849,00

Pesquisa nacional, realizada pela Assespro-Paraná e pela UFPR, mostra a desigualdade econômica do país. No Nordeste, em Sergipe, a média salarial é de apenas R$ 1.943.00. Em São Paulo, essa média sobe para R$ 6.061,00. Outro ponto preocupante: a diferença salarial entre homens e mulheres segue acima de dois dígitos.

Certificação é critério de seleção para encarregado de dados

Ainda que a LGPD não exija qualificação específica, o mercado busca profissionais com conhecimento na área. Formação pode custar até R$ 6 mil, observou Mariana Blanes, advogada e sócia do Martinelli Advogados, ao participar do CD em Pauta.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site