Home - Convergência Digital

Meio de pagamento: Mercado Livre e PayPal integram serviços no Brasil

Convergência Digital* - 30/07/2020

O Mercado Livre e o PayPal anunciaram nesta quinta-feira, 30/07, a integração dos serviços de meios de pagamento das companhias no Brasil e no México. Até meados de agosto, o PayPal estará disponível nos dois países como opção de pagamento para o comércio online que aceita Mercado Pago, braço de pagamentos do Mercado Livre.

Segundo as companhias, com a integração, cerca de 346 milhões de clientes do PayPal poderão comprar produtos em cerca de 500 mil vendedores do Mercado Livre online.

A diretora-geral da PayPal no Brasil, Paula Paschoal, informa que a escolha pelos dois países deveu-se ao tamanho dos mercado e também “por ambos terem uma população muito grande de desbancarizados”.

Na prática, brasileiros e mexicanos que acessarem o Mercado Livre de outros países poderão usar o PayPal como meio de pagamento nas compras. E estrangeiros que fizerem compras no marketplace do Mercado Livre de qualquer lugar com entrega no Brasil e no México também poderão usar o PayPal para pagamento.

Num primeiro momento, a parceria estará disponível apenas para transações realizadas via web, por celular ou computador, e será disponibilizada via aplicativo até o fim de setembro. Para os vendedores do Mercado Pago, o PayPal estará disponível com um novo meio de pagamento via check-out online.

Em dezembro passado, o Mercado Livre já havia permitido que usuários de seu serviço de pagamentos Mercado Pago no Brasil e no México fizessem transações no restante do mundo pelo PayPal, meses após esta ter se comprometido a investir 750 milhões de dólares no Mercado Livre. O presidente do Mercado Pago, Tulio Oliveira, afirma que a parceria vai se aprofundar nos próximos meses, para incluir cada vez mais transações, incluindo remessas internacionais, por exemplo.

Fonte: Agência Reuters

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

22/10/2020
Sem o WhatsApp, Banco Central aprova 762 instituições para ofertar o PIX

21/10/2020
Com alta de 80% no phishing, bancos alertam sobre cadastro no PIX

16/10/2020
PIX, insumos das taxas de cartões e PIS/COFINS

15/10/2020
Fintechs mostram sua força no cadastramento para o PIX

08/10/2020
Pandemia triplica pagamentos por aproximação no Brasil

07/10/2020
PIX supera 10 milhões de registro no segundo dia

05/10/2020
Procura pelo PIX gera instabilidade no mobile banking nacional

28/09/2020
Pagamentos Instantâneos: B2B responderá por quase 90% das transações até 2025

17/09/2020
Meio de pagamentos: BC barrou WhatsApp para preservar competição no longo prazo

21/08/2020
PagSeguro, da UOL, compra operação da alemã Wirecard no Brasil

Destaques
Destaques

Conexão no campo pode render até R$ 50 bilhões em dois anos

Estudo do Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA) revela que, hoje, faltam quase 15 mil antenas e torres para ofertar o serviço necessário para a digitalização do agronegócio. Os números foram revelados no Painel Telebrasil 2020.

Vitor Menezes, Minicom: Vamos brigar por um leilão 5G não arrecadatório

O Ministério das Comunicações sinalizou às operadoras que trabalha para convencer os colegas de Esplanada a concentrar os valores envolvidos no leilão do 5G em compromissos de cobertura, minimizando o preço a ser pago ao Estado, afirmou o secretário de Telecomunicações, Vitor Menezes, ao participar do Painel Telebrasil 2020.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Internet 5G traz disrupção para Telecomunicações até no modelo de negócio

Por Eduardo Grizendi*

Na RNP, estabelecemos um objetivo estratégico ambicioso – o de prover uma ciberinfraestrutura, segura, de alto desempenho e disponibilidade e, ao mesmo tempo, ubíqua, onipresente, em qualquer lugar e a qualquer hora, para nossas comunidades de educação, pesquisa e inovação.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site