SEGURANÇA

LGPD: 'Invistam o máximo possível capacitação", aconselha especialista

Luís Osvaldo Grossmann ... 30/08/2019 ... Convergência Digital

Um ano de implementação da General Data Protection Regulation na União Europeia trouxe aprendizados que devem ser absorvidos pelo Brasil na jornada de implantação por aqui da Lei Geral de Proteção de Dados, a Lei 13.709/18, que entra em vigor em agosto de 2020. 

“Em um ano, aprendemos muito mas nem tudo já está claro. É uma jornada. E é louvável que o Brasil esteja trilhando esse caminho também. Até por estar na posição favorável de poder compartilhar um pouco da nossa experiência”, defendeu o diretor de governança do Imperial College de Londres, Okan Kibaroglu. 

Ao participar de debate sobre a LGPD e a GDPR durante o RNPSeg, parte do Fórum RNP realizado em Brasília, Kibaroglu compartilhou parte desse processo de aprendizado e ressaltou a importância crucial de um engajamento generalizado das organizações, não apenas daqueles diretamente ligados à missão de coleta, tratamento ou armazenamento de dados. 

“O mais importante é a definição de responsabilidades, de prestação de contas. E definir responsáveis. Mas não são os únicos que precisam saber da o que precisa ser feito. Todos na organização precisam participar disso”, insistiu o diretor de governança do Imperial College. 

Segundo afirmou, é um processo que exige considerável investimento na capacitação. “Isso implica também em muito treinamento. O máximo possível. O maior número de pessoas possíveis. Especialmente aqueles que vão lidar com dados pessoais, porque eles são muito importantes. Assistam a entrevista com Okan Kibaroglu.


Consciência é a maior vacina contra os riscos cibernéticos

Em tempos de home office por conta do coronavírus, o gerente de segurança do CAIS/RNP, Edilson Lima, diz que cabe ao usuário redobrar seu cuidado. "Cada um tem de fazer sua parte", afirma.

Cibercrime usa Coronavírus para roubar dados pessoais no WhatsApp

Golpe oferece suposto kit gratuito com máscara e álcool gel - a ser dado pelo Governo Federal - para atrair as pessoas mais nervosas em relação à pandemia.

RNP terá programa para formar profissionais em Segurança Cibernética

O diretor da área na Rede Nacional de Pesquisa, Emilio Nakamura, assegura que a intenção é 'acelerar a formação de novos profissionais não apenas na Academia, mas também na inovação aberta'.

GSI: Educar o cidadão é o pilar da estratégia de segurança cibernética

Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República troca de marca - sai o cadeado e entra uma chave - para mostrar ao brasileiro que ações próativas são essenciais. "Não podemos atuar apenas como bombeiros nos ataques cibernéticos", afirma Ulisses Peixoto.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G