INTERNET

Internet: IPv4 segue em alta no Brasil

Da redação ... 18/10/2012 ... Convergência Digital

Durante o segundo trimestre, mais de 665 milhões de endereços IPv4 provenientes de 242 países ou regiões estiveram conectados à Plataforma Akamai. Isso representa um aumento de 10% se comparado ao ano anterior, revela estudo divulgado pela empresa.

Por considerar que um endereço de IP único pode representar múltiplos indivíduos em alguns casos, a Akamai estima que o número total de usuários únicos conectados a sua plataforma, durante o período, seja superior a um bilhão. Dos 10 países com o maior número de endereços IPv4 únicos, o Brasil apresenta o mais relevante crescimento, com aumento de 12% se comparado ao período anterior e de 40% em relação ao 2011.

O levantamento também constata que os endereços IPv4 estão sendo esgotados rapidamente e cresce bem a procura pelo endereço IPv6. Segundo a Akamai, houve um aumento em 67 vezes de endereços únicos IPv6 solicitando conteúdo, crescimento em 460 vezes do número de solicitações feitas por conteúdo em IPv6 e aumento em 9 vezes de requisições de usuários finais (EUA) feitos para sites provenientes de consumidores “dual-stacks” (IPv6 e IPv4).

Banda larga

Com uma velocidade de internet móvel de 1,12 Megabit por segundo (Mbps), o Brasil fica apenas na quarta colocação entre os países na América do Sul com conexões móveis mais rápidas, de acordo com um estudo da Akamai.A internet móvel brasileira, em termos de velocidade, ficou atrás das taxas observadas na Argentina (1,6 Mbps), Chile (1,3 Mbps) e Colômbia (1,17 Mbps). O país fica à frente apenas do Paraguai, Venezuela e Bolívia. O pico da velocidade de conexões móveis no Brasil, indica o estudo, foi de 8 Mbps no período.

No mundo, a velocidade média de internet móvel foi de 2 Mbps. Por país, a maior velocidade média de conexão móvel, de 7,7 Mbps, foi observada na Rússia. Em relação aos picos de conexão, o Reino Unido foi o país que apresentou a maior velocidade, com 44 Mbps. Em relação a conexões de internet fixa, o Brasil também está abaixo da média em relação ao outros países na América Latina. A média da velocidade ficou em 2,1 Mbps, abaixo do Chile (3 Mbps), México (2,7 Mbps) e Colômbia (2,5 Mbps). Entretanto, é maior que a de Argentina (2 Mbps), Peru (1,8 Mbps) e Venezuela (1 Mbps).

Entretanto, o levantamento identificou que no Brasil, 12% das conexões apresentaram velocidade maior que 4 Mbps. A estatística, segundo a Akamai, é relevante uma vez que é essa a velocidade considerada necessária para assistir a um vídeo em alta definição, por exemplo.


Airbnb é condenada por informação errada fornecida pela plataforma no Brasil

Aplicativos de hospedagem têm responsabilidade caso o anfitrião forneça informação diversa da apresentada ao usuário do serviço. Assim entendeu a juíza Marília de Ávila e Silva Sampaio, do 6º Juizado Especial Cível de Brasília.

Google, Facebook, Twitter e WhatsApp aderem a programa anti fake news do TSE

"Nas Eleições Municipais de 2020 pretendemos aperfeiçoar as ações voltadas a desmentir notícias falsas”, afirmou a presidente do Tribunal, Rosa Weber.

Dia das Crianças rende R$ 3 bilhões em vendas online

Segundo levantamento da Social Miner, resultado foi 23,9% melhor que o do ano passado. 

STJ: Internet deve ser veículo de divulgação de sentenças em ações coletivas

Terceira turma rejeitou decisão do RS que determinava publicações em jornais impressos. 

Autoridade de Dados é multissetorial, afirma Danilo Doneda

O professor, especialista em privacidade e proteção de dados e advogado foi indicado como representante da Câmara dos Deputados no Conselho Nacional de Proteção de Dados Pessoais e Privacidade, órgão consultivo da Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD), previsto na Lei 13.853/2019.

Revista Abranet 28 . ago/set/out 2019
Veja a Revista Abranet nº 28 O 802.11ax - ou Wi-Fi 6 - promete melhor desempenho por dispositivo, cobertura estendida, maior duração de bateria no devices conectados por ele e protocolos de segurança. E muito mais.
Clique aqui para ver outras edições

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet - Abranet

Empresas da Internet pedem mais segurança jurídica

“O Marco Civil da Internet trouxe base sólida para criar parâmetros para se ter lei mínima para a Internet seguir avançando, mas, infelizmente, vemos varias iniciativas tentando modifica-lo", afirmou o presidente da Abranet, Eduardo Parajo.

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet

  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G