Convergência Digital - Home

Microsoft oferece software na nuvem para o governo do Paraná

Convergência Digital
Ana Paula Lobo, do Rio de Janeiro - 09/04/2013

O governador do Paraná, Beto Richa (PSDB/PR), e o presidente da Microsoft Brasil, assinaram  nesta terça-feira, 09/04, durante o Forum de Líderes Governamentais, que acontece no Rio de Janeiro, um acordo onde a empresa disponibiliza licenças do Officer 365 gratuitamente para as 2160 escolas do estado. Serviço só será possível porque as escolas estão conectadas por uma rede própria de fibra óptica.

O acordo - que é o segundo nos moldes fechado pela Microsoft no Brasil, o primeiro foi com o governo de São Paulo - também envolve a distribuição dos softwaregratuito para os professores. Os alunos que tiverem computador e banda larga em suas casas também poderão usar o Office 365.

"O acerto com o governo do Paraná é uma prova que governo e iniciativa privada podem trabalhar em sintonia, principalmente, para fomentar a formação de mão de obra qualificada jovem. Esse é o melhor uso de TIC que se pode ter", detalhou Michel Levy.

Um diferencial do estado do Paraná é a rede própria de fibra óptica - que interliga os órgãos públicos e as escolas."Sem banda larga, não há como ter TI. Com a fibra óptica estamos levando o wi-Fi também", destacou o governador do Paraná, Beto Richa.

Na área de pesquisa e empreendedorismo, a Microsoft também se compromete a apoiar startups do estado. E um dos pilares desse apoio é o fomento do desenvolvimento de aplicativos usando a computação na nuvem. "Não há como ter inovação sem o uso da nuvem. Ela permeia a possibilidade de compartilhar informações, desenvolvimento",  diz Levy.

Acordos semelhantes estão sendo negociados como outros estados, entre eles, o Rio de Janeiro. "Estamos abertos, mas uma parceria pública privada depende de sintonia entre as partes e, especialmente, compromisso para o cumprimento de todas as etapas programadas",  completa o presidente da Microsoft Brasil.


LEIA TAMBÉM:
Destaques
Destaques

Banco Central afrouxa regras de contratação de serviços na nuvem pelos bancos

A partir de agora, os contratos de serviços na nuvem não precisam mais de autorização prévia, a não ser nos casos em que houver armazenamento de dados fora do Brasil em países sem convênio entre autoridades monetárias. 

Rio de Janeiro terá licitação de nuvem para dados abertos do Governo

Processo está sendo conduzido pelo Ministério Público do Rio de Janeiro e ganhou 'musculatura' com a adesão do governo do Estado, revela o procurador geral da Justiça, José Eduardo Gussem.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

As lições do buraco negro e da análise de dados às empresas

Por Paulo Watanave*

O fato é que por trás das aplicações e sistemas usados nas operações já existe um grande e variado conjunto de insights e algoritmos que podem ser usados para gerar valor real às organizações e para as pessoas de um modo geral. Estima-se que menos de 10% das companhias em todo o mundo tenham estratégias bem definidas para a utilização dos recursos digitais e das informações.

Edge Computing para acelerar os negócios das empresas brasileiras

Por Henrique Cecci*

O que é, afinal, Edge Computing? Trata-se da aplicação de soluções que facilitam o processamento de dados diretamente na fonte de geração de dados. No contexto da Internet das Coisas (IoT), por exemplo, as fontes de geração de dados geralmente são "coisas" com sensores ou dispositivos incorporados.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site