Convergência Digital - Home

Oferta na nuvem vira o jogo no mercado de CRM

Convergência Digital
Ana Paula Lobo* - 29/04/2013

A computação na nuvem veio para ficar e virou o jogo no mercado de CRM. Segundo dados do Gartner, o mercado global de softwares de gestão de relacionamento com o cliente (CRM, na sigla em inglês) movimentou US$ 18 bilhões em 2012, alta de 12,5% sobre o faturamento do setor em 2011. A venda no modelo software como serviço (SaaS) representou 40% de toda a movimentação de receita no ano passado, numa prova que está se tornando a opção do consumidor.

“A concorrência entre os fornecedores de software de CRM realmente foi aquecida em 2012, à medida que os principais fornecedores continuaram a disputar uma maior penetração no mercado internacional e a adoção foi mais generalizada entre as médias e grandes empresas”, afirmou Joanne Correia, vice-presidente do Gartner.

A maior prova da nova fase do CRM, impulsionado pela nuvem, é a 'virada' da Salesforce.com para cima da SAP. A empresa norte-americana assumiu a liderança do mercado, com um crescimento de 26% e uma receita de US$ 2,5 bilhões, o que lhe deu uma participação de mercado de 14%. A SAP registrou uma receita de US$ 2,3 bilhões e participação de 12,9%, com um ligeiro avanço de 0,1% no faturamento.

Na batalha dos fornecedores, a Oracle - que fez uma série de aquisições na área - apareceu na terceira posição com 11,1% de market share. Microsoft ficou com a quarta posição, com 6,3% e a IBM apareceu com 3,6%.

Na divisão geográfica, a América do Norte e a Europa ocidental permaneceram como os maiores mercados para a categoria, respondendo por mais de 80% da receita total dos softwares de CRM no período. Entretanto, todas as regiões apresentaram crescimento no período.

*Com informações do Gartner


LEIA TAMBÉM:
Cloud Computing ... 06/05/2014
Liberty Seguros adota CRM na nuvem
Cloud Computing ... 07/05/2012
CRM se divide na nuvem
Destaques
Destaques

CNJ não libera contrato de R$ 1,3 bilhão do TJ/SP com a Microsoft

Mas autoriza o prosseguimento das negociações entre as partes. Decisão final sairá em plenária, ainda não agendada.

Big data e Analytics têm receita projetada em R$ 16,8 bilhões

A cloud pública também mostra crescimento e deve chegar a R$ 10 bilhões de receita no final do ano, de acordo com estudo da IDC, encomendado pela ABES. Com relação à Inteligência Artificial, o levantamento indica que, no Brasil,15,3% das médias e grandes empresas têm essa tecnologia entre as principais iniciativas e espera-se que isso dobre nos próximos quatro anos.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Edge Computing para acelerar os negócios das empresas brasileiras

Por Henrique Cecci*

O que é, afinal, Edge Computing? Trata-se da aplicação de soluções que facilitam o processamento de dados diretamente na fonte de geração de dados. No contexto da Internet das Coisas (IoT), por exemplo, as fontes de geração de dados geralmente são "coisas" com sensores ou dispositivos incorporados.

Intuição versus análise de dados na gestão

Por Douglas Scheibler*

O poder decisório significa alta responsabilidade e inúmeros riscos. Neste cenário caótico, analisar dados é indispensável e é o que justifica uma determinada medida ser considerada como correta, em um cenário específico, em detrimento de outras.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site