TELECOM

Sky não consegue liminar e tem que incluir canais abertos na programação

Luís Osvaldo Grossmann ... 20/06/2013 ... Convergência Digital

A Justiça Federal não aceitou o pedido liminar da Sky e a operadora tem, novamente, 10 dias para incluir oito canais ‘abertos’ em sua programação – além dos seis que já carrega. A empresa, no entanto, deve recorrer da decisão da 3a  Vara Federal de Brasília. 

Na ação, a Sky tenta evitar a inclusão de diversos canais ‘abertos’ – além de cinco dos obrigatórios: TV Escola, comunitário, da cidadania, universitário e legislativo municipal/estadual. Obrigada pela Anatel a incluir todos os ‘abertos’, queria já suspender essa determinação mesmo antes do julgamento do mérito. 

O Juiz Tales Krauss Queiroz, no entanto, abraçou o argumento da Anatel de que o must carry – literalmente, ‘deve carregar’ – “é o ponto de partida de qualquer pacote a ser ofertado”. Fica valendo, assim, ao menos até o fim do julgamento, aquilo que a agência já determinara à operadora. 

O carregamento obrigatório de canais não atingia operadoras de TV paga via satélite, como a Sky, até o advento da Lei 12.485/11, a Lei do Serviço de Acesso Condicionado, ou Seac. O sentido da exceção era técnico – transmissões via satélite têm capacidade limitada. 

A Sky, por exemplo, tem capacidade para 172 canais, mas existem 514 geradoras locais de radiodifusão. Daí, ao regulamentar a lei, a Anatel criou a figura das “redes nacionais” – geradoras com presença nas cinco regiões, alcance a pelo menos um terço da população e programação, em sua maior parte, centralizada. 

Desse entendimento resultam 14 ‘redes nacionais’. A Sky só carrega sete delas, mas a regra da Anatel diz que, se levar um, tem que levar os 14. Para incluir a Globo no line up, as operadoras têm que acomodar, por exemplo, a RIT TV, do televangelista R. R. Soares e a Rede Brasil, do ex-deputado Celso Russomano.


Painel Telebrasil 2019
A 63ª edição do principal encontro institucional de lideranças do setor de telecomunicações e TICs acontecerá entre os dias 21 e 23 de maio de 2019, em Brasília. Saiba mais em paineltelebrasil.org.br
Veja o vídeo

Anatel propõe liberdade tarifária em chamadas de longa distância

Segundo a agência, consumidores têm amplas opções de serviço, a começar por ligações de voz sobre IP em diferentes aplicativos que usam a internet. Hoje a maior parte das teles oferece voz gratuita para vender o pacote de dados.

Marco de Telecom: CCT do Senado promete rapidez, mas quer ouvir presidente da Anatel

Os senadores da Comissão de Ciência e Tecnologia do Senado prometem uma votação rápida do novo modelo para o setor de Telecomunicações. Mas uma data para votação só deve ser definida na próxima semana, quando retorna de missão internacional a relatora do PLC 79/16, Daniella Ribeiro (PP-PB).

Anatel abre 90 dias para teles inscreverem suas inovações ao consumidor

Edital do Concurso Prática Inovadora nas Relações de Consumo nos Serviços de Telecomunicações 2019  prevê premiações separadas para pequenas e grandes empresas.

4G da Oi leva Internet e comunicação à estação brasileira da Antártica

Condições na base Comandante Ferraz - com ventos de até 200 Km/h e temperaturas recordes negativas - são inóspitas. Por vídeochamada, o comandante Geraldo Juaçaba e o diretor da Oi, Roberto Blois, falam ao Convergência Digital sobre o impacto dessa nova infraestrutura de telecomunicações na vida da base brasileira.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G