TELECOM

Oi repassa gestão de 2113 torres por R$ 686.7 milhões à SBA Torres

Ana Paula Lobo* ... 15/07/2013 ... Convergência Digital

Em comunicado oficial à Comissão de Valores Mobiliários nesta segunda-feira, 15/07, a Oi informa que celebrou acordo com a SBA Torres Brasil LTDA para exploração comercial e uso de 2113 torres de telecomunicações e respectivas áreas por R$ 686.725.000.

Segundo o informe, a transação "traz como benefícios diretos para a Companhia a otimização de recursos e a transferência dos custos de operação e manutenção dos ativos para a Cessionária, ao mesmo tempo em que assegura a continuidade da prestação dos serviços referentes à concessão do Serviço de Telefonia Fixo Comutado – STFC –, na medida em que a Transação também compreende a locação de espaço nestas mesmas Torres de Telecomunicações e Áreas pela Cessionária em favor das Cedentes e suas controladas, diretas ou indiretas, por meio de contrato de longo prazo".

Não é a primeira vez que Oi vende torres. Em abril, durante teleconferência de imprensa de resultados, o ex-diretor de Relações de investidores da concessionária, Alex Zornig, informou que a tele tinha vendido os direitos de uso de 4 mil torres de telefonia fixa, pelos quais embolsou R$ 1 bilhão, montante que já entrou no caixa ao longo do mês de abril e deve ser contabilizado no balanço deste segundo trimestre.

À época, o executivo - que saiu da Oi com a chegada do português Zeinal Bava - deixou claro que a operação estava inserida na estratégia da Oi de alienação de bens não essenciais visando reduzir o endividamento; e seguia outra venda efetivada em dezembro, quando a companhia vendeu as primeiras 1,2 mil torres por R$ 516 milhões, neste caso envolvendo ativos da telefonia móvel. Zornig não informou quantas torres a Oi possui em todo o Brasil, mas limitou-se a confirmar que o potencial de venda é muito maior do que o já efetivado até agora. “Temos muita bala na agulha”. Agora, a empresa se desfez de mais 2.113 torres para a SBA Torres.

Leia a íntegra do comunicado da Oi sobre a venda das torres.

Oi S.A. (“Oi” ou “Companhia”), em atendimento ao art. 157, §4º, da Lei nº 6.404/76 e nos termos da Instrução CVM nº 358/02, vem informar aos seus acionistas e ao mercado em geral que celebrou, no dia 12 de julho de 2013, em conjunto com sua controlada Telemar Norte Leste S.A. (“Telemar” e, em conjunto com a Oi, “Cedentes”), um contrato com SBA Torres Brasil Ltda. (“Cessionária”), pelo qual se comprometeu a ceder o direito de exploração comercial e uso de 2.113 Torres de Telecomunicações e respectivas áreas nas quais estão localizadas (“Áreas”), em contrapartida ao recebimento do valor total de R$ 686.725.000,00, na data de fechamento (“Fechamento”), sujeito a determinados ajustes previstos contratualmente, sem que haja a transferência, direta ou indireta, da propriedade das referidas Torres de Telecomunicações e Áreas (“Transação”).
A Transação traz como benefícios diretos para a Companhia a otimização de recursos e a transferência dos custos de operação e manutenção dos ativos para a Cessionária, ao mesmo tempo em que assegura a continuidade da prestação dos serviços referentes à concessão do Serviço de Telefonia Fixo Comutado – STFC –, na medida em que a Transação também compreende a locação de espaço nestas mesmas Torres de Telecomunicações e Áreas pela Cessionária em favor das Cedentes e suas controladas, diretas ou indiretas, por meio de contrato de longo prazo. A implementação da Transação está sujeita ao cumprimento de condição precedente prevista


Painel Telebrasil 2019
A 63ª edição do principal encontro institucional de lideranças do setor de telecomunicações e TICs acontecerá entre os dias 21 e 23 de maio de 2019, em Brasília. Saiba mais em paineltelebrasil.org.br
Veja o vídeo

Reforma tributária: integrantes do PSDB discordam sobre o teor

Ao participarem  do Painel Telebrasil 2019, em Brasília, o deputado Vitor Lippi (PSDB/SP) e o prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan (PSDB/RS), discordaram sobre o teor das reformas em discussão no Congresso.

TIM quer infraestrutura única para cidades com menos de 30 mil habitantes

Para o CTIO da operadora, Leonardo Capdeville, não faz sentido infraestruturas diferentes em localidades onde a receita é mais baixa. CEO da TIM, Pietro Labriola, fala em IoT como fonte nova de receita.

Anatel mantém pente fino na recuperação judicial da Oi

Agência vai manter o grupo de trabalho criado para acompanhar a operadora. Também quer receber dados financeiros, fluxo de caixa atual, receitas e custos e financiamentos, além de eventuais alienações. Prazo dado à Oi para passar as informações é de 60 dias.

Uma em cada cinco conexões à internet fixa acontece por fibra óptica

Em 12 meses, proporção dos acessos registrados pela Anatel que usam a tecnologia passou de 12% para 20% do total. Cabo detém outros 30%. O Brasil contabiliza 6,33 milhões de acessos em fibra óptica. ISPs mostram força e já representam 21% do market share.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G