INTERNET

Teles sinalizam acordo e apoio ao Marco Civil da Internet

Luís Osvaldo Grossmann ... 06/12/2013 ... Convergência Digital

As operadoras de telecomunicações anunciaram ter chegado a um acordo sobre o texto do Marco Civil da Internet e, agora, apoiam o projeto de lei, inclusive com a neutralidade de rede. É o que garante o SindiTelebrasil, sindicato nacional das teles, que vem negociando junto ao relator do projeto de lei.

“Nós, o setor de telecomunicações, chegamos a um texto sobre a neutralidade de rede em conjunto com o relator Alessandro Molon. Esse texto já chegou à Casa Civil e, nesse momento, o setor de telecomunicações é favorável à votação”, afirmou o diretor-executivo do Sinditelebrasil, Eduardo Levy. 

A confidência, feita durante a reunião desta sexta-feira, 6/12, do Conselho Consultivo da Anatel, ainda precisa ganhar o campo político. Afinal, até a véspera, o PMDB, principal aliado das operadoras no tema do Marco Civil, tentava enterrar o projeto de lei.

Ainda nesta quinta-feira, 05/12,, o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, e o líder do PMDB, Eduardo Cunha (RJ), pediram à ministra Gleisi Hoffmann a retirada da urgência constitucional do PL 2126/11. Se o impasse com as teles atrapalha a votação, um acordo faria desnecessário o fim desse trâmite acelerado.

Feita a ressalva de que o recente apoio das teles ainda não se materializou no alinhamento político, explique-se que o acordo mencionado pelo diretor do Sinditelebrasil vem de fato sendo costurado há várias semanas no sentido de endereçar aquilo que as empresas alegam ser o “problema” do projeto.

Segundo as empresas, o conceito de neutralidade de rede, ao exigir tratamento isonômico dos pacotes de dados, inviabiliza a criatividade nas ofertas. Elas alegam que, da forma como está escrito, não será possível vender pacotes com limites de download ou mesmo velocidades diferentes.

Para o relator, não há esse tipo de restrição. Mas o acordo caminha para ser incluída na proposta uma menção expressa de que o Marco Civil não trata de modelos de negócios, sendo livre qualquer estratégia que não fira os princípios do projeto.

No mais, apesar da crença nacional de que o Marco Civil só voltará a ser efetivamente discutido na Câmara no próximo ano, existe ainda uma certa esperança de avanço ainda em 2013. No governo discute-se a sério a chance de votá-lo na próxima semana.

Isso porque o verdadeiro maior empecilho para a votação do projeto nas últimas semanas acabou: acertou-se a retirada de pauta do projeto sobre o piso salarial dos agentes de saúde – a própria confederação nacional da categoria pediu ao presidente da Câmara que só retome o assunto em março de 2014.


Peru vai tributar aplicativos na internet e projeta arrecadar R$ 180 milhões

Chefe do Fisco no país informou que governo pode baixar um decreto emergencial para que o imposto já seja cobrado a partir de 2020. 

CGI.br abre processo eleitoral para sociedade, Academia e empresas

São quatro vagas para empresas, quatro para terceiro setor e três para a comunidade científica e tecnológica, com mandatos de três anos.

TIM vence Google e STJ manda provedores de aplicação fornecerem porta lógica

Operadora buscou a Justiça depois de identificar um blog e um site hospedados em plataformas da Google, Blogspot e Google+, que permitiam a adesão ao TIM Beta contornando as regras estabelecidas para o pacote.

ABES remove mais de 66 mil conteúdos ilegais em nove meses de 2019

Somente durante o terceiro trimestre, foram derrubados cerca de 20,7 mil links, websites e anúncios ilegais, um incremento de 4% se comparado o periodo de janeiro a setembro de 2018.

Fake News: WhatsApp quer incluir em norma eleitoral proibição a disparos em massa

OTT sugeriu que o artigo 34 da minuta de resolução, que proíbe a propaganda eleitoral via telemarketing, seja expandido para vedar também o disparo em massa de mensagens através de aplicativos.

Revista Abranet 29 . dez/nov 2019 - jan 2020
Veja a Revista Abranet nº 29 Abranet teve uma atuação intensa em 2019, encaminhando contribuições públicas para consolidar uma internet produtiva, livre e inovadora. Futurenet: entidade discute tendências de mercado e tecnologia. Veja a revista.
Clique aqui para ver outras edições

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet - Abranet

Empresas da Internet pedem mais segurança jurídica

“O Marco Civil da Internet trouxe base sólida para criar parâmetros para se ter lei mínima para a Internet seguir avançando, mas, infelizmente, vemos varias iniciativas tentando modifica-lo", afirmou o presidente da Abranet, Eduardo Parajo.

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet

  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G