INCLUSÃO DIGITAL

Cidadão Online: App para o cidadão interagir com as prefeituras

Da redação ... 16/06/2014 ... Convergência Digital

Ruas com buracos, semáforo quebrado, vazamentos, entulho, focos de Dengue, esses são alguns exemplos dos problemas diários, que estão presentes na maioria das cidades brasileiras. Para ajudar os cidadãos e as prefeituras a resolver essas questões, a 4R Sistemas em conjunto com GeneXus e a consultoria técnica da Heurys, desenvolveu o aplicativo “Cidadão Online”. Através dele o munícipe pode informar os problemas da cidade à prefeitura.

O Cidadão Online funciona da seguinte maneira: O munícipe instala/baixa o app no celular, uma vez instalado o cidadão pode relatar os problemas da sua cidade à prefeitura que, por sua vez, toma as devidas providências. O serviço pode ser utilizado 24 horas. Quando o munícipe faz a ocorrência, a reclamação é enviada para o setor responsável e um protocolo é gerado. O Cidadão Online é gratuito e pode ser baixado no smartphone ou tablet pelo endereço: http://cidadaoonline.sistemas4r.com.br/cidadaonline.html. Também está disponível para download na Apple Store e no Google Play.

Todas as informações enviadas pelo munícipe são monitoradas através do Google Maps e são organizadas por tipo de serviço, sendo a execução de cada solicitação estabelecida com prazos pré-determinados. O cidadão pode ainda acompanhar suas solicitações através da página da plataforma, pelo e-mail e pelo aplicativo. O Cidadão Online foi desenvolvido em 30 dias com a tecnologia GeneXus – ferramenta de desenvolvimento de sistemas que permite criar aplicativos para as linguagens e plataformas mais populares do mercado, sem necessidade de programar.

O app é uma ferramenta inovadora, que possui localização geográfica, GPS e câmera. “Para atender aos diversos dispositivos e ter o conhecimento centralizado em uma única tecnologia, decidimos utilizar o GeneXus para o desenvolvimento da aplicação. O ganho de produtividade foi bem significativo, pois o aplicativo ficou pronto em 30 dias, com outra plataforma poderia ter demorado mais”, explica o sócio diretor da 4R Sistemas, Rogério Camargo.

Seis cidades do interior de São Paulo já aderiram o Cidadão Online: Adamantina, Andradina, Borborema, Bom Jesus dos Perdões, Capão Bonito e Porto Feliz. Para que o aplicativo possa ser utilizado em outros municípios, é necessário que as prefeituras se cadastrem no serviço. A solicitação pode ser feita em: http://cidadaoonline.sistemas4r.com.br/cidadaonline.html

 


Anatel quer BNDES como agente financeiro para usar FUST na expansão da banda larga

Agência reguladora aprovou o Plano Estrutural de Redes de Telecomunicações, o PERT. De acordo com a Anatel, 3.542 dos 5.570 municípios do país não possuem acesso à rede de fibra óptica. Agência também diz que dos R$ 20 bilhões do FUST, apenas R$ 200 mil foram aplicados no setor.

Acesso à Internet reproduz desigualdade social e econômica no Brasil

Estudo do IPEA mostra que a falta de acesso à internet repete as mesmas adversidades e exclusões já verificadas na sociedade brasileira no que tange a analfabetos, menos escolarizados, negros, população indígena e desempregados.  Homens e mulheres têm comportamento semelhantes na Web.

Google Station é plataforma de monetização para Programa WiFi Livre SP

Empresa firmou parceria com América Net e Linktel, com patrocínio do Itaú, e já conta com 80 hotspots distribuídos na capital de São Paulo.

Pressão do TCU dobra ganhos da Telebras no contrato com Viasat

Em renegociação forçada pela Tribunal de Contas, o resultado inicialmente estimado em R$ 203 milhões foi turbinado em mais R$ 222 milhões com o acordo de uso da capacidade do satélite nacional para venda de acesso a internet.

TV Digital: Com parecer pró-TVs, Anatel acena com recursos para banda larga

Disputa pelos R4 3,6 bilhões acontecia entre TVs e Teles. Com saldo, haverá dinheiro para os demais projetos, afirma o presidente do Gired, conselheiro Moisés Moreira.

Infovias compartilhadas são estratégicas para ampliar a banda larga

Governo costura uma agenda de ações para massificar o acesso à conectividade no Brasil, entre elas está a revisão do fomento para as cidades inteligentes, revela o secretário de Telecomunicações do MCTIC, Vitor Menezes. Política governamental será debatida no Brasscom TecFórum, que acontece nos dias 24 e 25 de abril, em Brasília.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G