Home - Convergência Digital

3G Brasil: cobertura ainda não existe para 1861 municípios

Convergência Digital - Carreira
Ana Paula Lobo* - 21/07/2014

De acordo com dados divulgados nesta segunda-feira, 21/07, pelo portal Teleco, 33,4% dos municípios brasileiros seguem sem cobertura 3G. Isso significa que o serviço está indisponível para 16.989.865 milhões de brasileiros em 1.861 municípios.

A competição entre as teles também não avança. O estudo do mês de junho mostra que 33,8% dos municípios seguem sendo atendidos por uma única operadora, o que representa dizer que 25.102.428 milhões de brasileiros não têm opção de escolha para a contratação do 3G no país.

A concorrência entre as cinco maiores operadoras, incluindo a Nextel, ocorre apenas em 274 municípios, os de maior rentabilidade econômica, e que atendem a 44,8% da população. No total, em junho, a cobertura 3G estava presente em 3.709 municípios. Ao final de 2013, essa cobertura era de 3.554, o que significa um acréscimo de 155 municípios nos seis primeiros meses de 2014.

A Vivo, operadora com maior cobertura, passou de 3.134, ao final de 2013, para 3.187, em junho, um acréscimo de 53 localidades. A Claro passou de 1.374 municípios ao final de 2013 para 1.530, em junho, um incremento de 156 localidades. A TIM somava 1000 municípios cobertos ao final de 2013. Em junho, registrava 1.175 localidades, um acréscimo de 175 localidades.

A Oi fechou 2013 com 951 localidades cobertas com o 3G. Em junho, somava 1.070, um acréscimo de 119 localidades. Pelo desempenho, a TIM foi a operadora que mais ampliou a sua cobertura de janeiro a junho desse ano, sem levar em conta o acordo de compartilhamento fechado com a Oi. A Nextel - que fechou um acordo de compartilhamento com a Vivo para o 3G - deu um salto na sua cobertura.

De 91 localidades ao final de 2013, para 410, em junho deste ano. Completam a cobertura no Brasil, a Algar com 32 localidades e a Sercomtel, em 2 municípios. A coleta de dados, informa o portal Teleco, aconteceu no periodo de 02/Jun a 06/Jun, e foi feita nos sites das próprias operadoras. O 4G chegou a 119 localidades com a Vivo dando um pulo de 74 cidades para 98 entre o 1º tri e o 2º trimestre.

A Claro passou de 74 localidades para 91 município e acirrou a disputa com a rival Vivo pela liderança no 4G. A TIM e a Oi passaram, respectivamente, de 24 para 45 municípios. Segundo os dados do Teleco, em junho, 38,5% da população brasileira, já tinha acesso aos serviços 4G.

*Com informações do Portal Teleco ( www.teleco.com.br)

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

28/06/2019
Em cinco meses, 4G ganha mais 10 milhões de chips

04/06/2019
Oi se esquiva sobre 5G, mas acelera refarming por 4G e 4,5G

31/05/2019
Brasil ativou 8 milhões de chips 4G de janeiro a abril

20/05/2019
No Brasil, 60% dos celulares já são 4G

17/05/2019
4G:Claro supera rivais em experiência de navegação. TIM tem menor latência

30/04/2019
País ativa 2 milhões de chips 4G por mês

23/04/2019
Decreto com metas de 4G não pode ser cumprido em um terço das cidades

23/04/2019
TIM e Claro lideram perda de assinantes. Pós-pago chega a 44,67% do mercado

16/04/2019
Claro tem menor latência no 4G. TIM a maior cobertura

08/04/2019
Pós-pago supera 100 milhões de acessos com impulso do 4G

Destaques
Destaques

Varejo x bancos: carteira digital vira superaplicativo

Superados os obstáculos iniciais, mercado não financeiro acelera estratégia para ficar com preferência dos consumidores.

Para injetar R$ 200 bilhões na economia, IoT tem de ficar livre das amarras tributárias

Relator da proposta de tributo zero para Internet das Coisas, deputado Eduardo Cury, do PSDB/SP, disse que o setor precisa municiar o Parlamento com dados para convencer à Casa a conceder a desoneração.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

O potencial pouco explorado da Internet das Coisas

Por Daniel Kriger*

A grande mudança que a Internet das Coisas (IoT – Internet of Things) trará para a vida das pessoas está além da facilidade de se preparar um café, programar um banho quente ou economizar na conta de luz. Dar conectividade a objetos e abrir espaço para comandos inteligentes em inúmeras tarefas do dia a dia é um dos principais propósitos de IoT. Mas não é só isso.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site