Home - Convergência Digital

Padtec: Redes submarinas são o gargalo da Internet

Convergência Digital
Ana Paula Lobo e Luiz Queiroz - 21/10/2014

Única fabricante nacional de sistemas de comunicações ópticas de alta capacidade e desempenho, a Padtec aproveitou o Futurecom 2014 para assinar um acordo de cooperação técnica e apoio recíproco com a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP). O objetivo é fomentar e apoiar o desenvolvimento de projetos cooperativos, a formação de recursos humanos, a realização de eventos e a operação conjunta dos serviços de redes avançadas, em âmbito regional e nacional.

"Temos fornecido redes avançadas para o ensino e pesquisa em ciência e tecnologia no Brasil e na América Latina", ressalta o CEO da Padtec, Jorge Salomão. Os equipamentos da fabricante conectam instituições acadêmicas em todo o Brasil e também em outros países. É o caso da própria RNP, da Rede Kyatera, que liga 93 centros de pesquisa no país, e da RedClara - Cooperação Latino Americana de Redes Avançadas, que conecta instituições e universidades da América Latina por meio de redes avançadas de telecomunicações.

Uma das iniciativas importantes nessa área da qual a Padtec participa, por intermédio da parceria mantida com essas grandes redes de pesquisa, é o projeto ALMA - Atacama Large Millimeter/submillimeter Array, uma instalação internacional voltada para a observação astronômica. Trata-se de um conjunto de radiotelescópios instalados a 5 mil metros de altitude na região do Atacama, no norte do Chile, que coletam e enviam informações para  redes avançadas de telecomunicações das instituições de ensino e pesquisa, responsáveis por sua disseminação para vários países do mundo.

Em entrevista à CDTV, do portal Convergência Digital, Jorge Salomão disse que redes de alta capacidade desafiam qualquer fabricante. "Não pensamos em ser uma empresa nacional. Precisamos ser eficientes. Essa é a nossa busca", sustentou. A massificação do consumo de dados exige que as redes respondam às necessidades do usuário para aumentar a competitividade nos serviços prestados. Ser uma empresa nacional é motivo de orgulho, mas ao final do dia, ressaltou o executivo, "é preciso concorrer igual a todo mundo". A aposta em OTN (Optical Transport Network) é um dos desafios para 2015. Assistam à entrevista com Jorge Salomão.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

05/07/2019
DBServer: competitividade exige uma nova maneira de fazer software

28/06/2019
BBTS cria plataforma com monitoramento, biometria, QR Code e reconhecimento facial

28/06/2019
Febraban: o céu é o limite para modelos de negócios com blockchain

28/06/2019
Unisys: open banking só existirá com a LGPD implementada no Brasil

26/06/2019
Pagamentos instantâneos e open banking reescrevem o sistema financeiro no Brasil

26/06/2019
Biometria é o ‘empurrão do governo’ para aumentar a bancarização

24/06/2019
BBTS quer ser a integradora dos pequenos bancos no open banking

24/06/2019
Sistema financeiro vai mudar muito em 24 meses no Brasil

24/06/2019
Fazer APIs open banking é fácil, difícil é garantir a inviolabilidade

19/06/2019
Avanço dos hackers vai fazer brasileiro comprar mais seguros

Veja a segunda edição da revista digital Alianza Latinoamericana de Medios TIC 58º Painel Telebrasil

Revista do 58º Painel Telebrasil, realizado nos dias 09 e 10 de setembro de 2014 em Brasília, tendo como tema principal Perspectivas e Propostas para o Próximo Governo, Telecomunicações, Competitividade e Inovação no Brasil.

Clique aqui para ver mais revistas
Veja mais vídeos
EMC
Veja mais vídeos da CDTV
Alianza Latinoamericana de Medios TIC
Futurecom 2015: presente y futuro de las TIC en Latinoamérica y el Mundo

El uso de nuevas tecnologías en deportes, negocios, consumo y educación, serán algunos de los temas abordados en el gran evento de Telecomunicaciones de Latinoamérica.

M2M: cuando las cosas se vuelven inteligentes

Comprende una amplia variedad de alternativas de uso: desde accionar elementos mecánicos (máquinas expendedoras, ascensores, entre otros) hasta actualizar la información que se muestra en pantalla.

José Otero de 4G Americas: “El objetivo es fomentar el desarrollo socioeconómico”

La red social Facebook está dando un paso más adelante en su estrategia para llevar servicios de Internet a los 4.400 millones de usuarios que aún no tienen acceso a la web.

VideoCast Evaluamos entrevista a Carlos López Blanco

Director General de Asuntos Públicos y Regulación de Telefónica  habló del desarrollo de la infraestructura de primer mundial en Latinoamérica.

Amdocs, garantía de éxito de los proveedores de servicio

La compañía proveedora de sistemas y servicios para la experiencia del cliente en la industria de comunicaciones, medios y entretenimiento a nivel mundial, dio a conocer su propuesta de red en la nube que agiliza el servicio y la eficiencia operativa.


Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site