SEGURANÇA

Governo da Alemanha alerta contra backdoor no Windows 8

Da redação* ... 24/11/2014 ... Convergência Digital

Depois de a China ter banido o Windows 8 dos computadores de órgãos governamentais – como anunciado no início do ano depois que a Microsoft acabou com o suporte ao Windows XP – vem da Alemanha uma nova polêmica com o sistema operacional mais conhecido no planeta. Um relatório patrocinado pelo governo indicaria risco de backdoor no programa.

A conclusão estaria em um relatório com alerta para que agências públicas e mesmo empresas não usem o Windows 8. A alegação é de que seria possível explorar a vulnerabilidade para controlar computadores de forma remota. A notícia correu a partir de um site alemão, Zeit Online, que sugeriu que o governo da Alemanha via problemas no sistema operacional.

A preocupação do departamento de segurança da informação do governo da Alemanha seria com chips chamados de Trusted Platform Module, ou TPM, que armazenam chaves criptográficas utilizadas para verificação da integridade do sistema operacional e arquivos de aplicações – tendo como objetivo a prevenção a malwares ou rootkits.

Esses chips nasceram há cerca de uma década com uma coalizão de empresas de tecnologia – AMD, Cisco, HP, IBM, Intel, além da própria Microsoft – e exigem sistemas operacionais compatíveis para funcionar. Na prática, trata-se do armazenamento de chaves criptográficas no hardware até que os softwares precisem deles.

Daí que o departamento de segurança da informação tenha “explicado” que a preocupação é com o uso combinado do Windows 8 e o chip TPM pois poderia causar “perda do controle sobre o sistema operacional e o hardware utilizado”. Nesse sentido, computadores envolvidos com infraestruturas críticas – como água, eletricidade e gás – “podem enfrentar novos riscos”.

* Com informações da Zdnet


NEC - Conteúdo Patrocinado - Convergência Digital
Multibiometria: saiba como ela pode cuidar da sua segurança digital

Plataforma Super Resolution, que integra espaços físicos e digitais, será apresentada pela primeira vez no Brasil no Futurecom 2018. Um dos usuários da solução é o OCBC Bank, de Cingapura. A plataforma permite o reconhecimento instantâneo das pessoas à medida que se aproximem da agência.

TSE convoca profissionais de TI para testar segurança das urnas eletrônicas

Evento ocorrerá no período de 25 a 29 de novembro, na sede do TSE, em Brasília. Inscrições vão, agora, até o dia 22 de setembro.

Mais de 70% das empresas vão terceirizar adequação à LGPD

Sem tempo para preparar os seus profissionais, 72% das empresas ouvidas em pesquisa da Serasa Experian sustentam que vão ao mercado buscar profissionais para fazer a adequação dos sistemas à LGPD, que entra em vigor em 2020.

Governo: LGPD vai reavaliar o uso e o tratamento de dados

Para o coordenador geral do Centro de Tratamento de Incidentes de Redes de Governo, major Democlydes Carvalho, assim como o trânsito se tornou mais civilizado com a regulação, o mesmo vai acontecer com a segurança de dados a partir da vigência da Lei de Dados Pessoais.

LGPD: 'Invistam o máximo possível capacitação", aconselha especialista

Para o diretor de governança do Imperial College de Londres, Okan Kibaroglu, organizações, públicas ou privadas, precisam de um despertar generalizado para a proteção de dados.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G