SEGURANÇA

Malware infectou 16 milhões de dispositivos móveis em 2014

Da redação ... 12/02/2015 ... Convergência Digital

As ameaças contra a segurança de dispositivos móveis e residenciais, e os ataques a redes de comunicações aumentaram em 2014, ameaçando as informações e a privacidade pessoal e corporativa, revela estudo Motive® Security Labs da Alcatel-Lucent. O levantamento estima que 16 milhões de dispositivos móveis em todo o mundo foram infectados por software maliciosos – ou "malwares" – usados por cibercriminosos para espionagem corporativa e pessoal, roubo de informações, ataques de negação de serviços de empresas e governos, e fraudes bancárias e em publicidade.
 
O relatório também revelou que os consumidores que evitam compras online por medo que suas informações de cartão de crédito ou débito possam ser roubadas, estão - na verdade - expondo-se a um risco maior: o aumento na violação da segurança cibernética no varejo, em 2014, foi o resultado das infecções por malware em caixas registradoras ou terminais de ponto de venda, e não em lojas on-line. A razão principal é que os cartões roubados dos varejistas on-line não são tão valiosos para os criminosos, exatamente por só poderem ser usados para compras on-line. 
 
O relatório Motive Security Labs – que examinou todos as plataformas populares de dispositivos móveis – descobriu que o número de infecções por malware em dispositivos móveis aumentou 25% em 2014, em comparação com um aumento de 20% em 2013. Os dispositivos Android™ estão agora no mesmo nível dos laptops Windows™ - que tinham sido o principal “cavalo de tróia” do cibercrime - e os dois dispositivos dividiram as taxas de infecção em 2014.

Enquanto menos de 1% das infecções vêm dos smartphones iPhone® e Blackberry®, novas vulnerabilidades surgiram no ano passado, mostrando que eles não estão imunes às ameaças de malwares.O crescimento do número de malware continua a ser auxiliado pelo fato de a grande maioria dos proprietários de dispositivos móveis não tomar precauções apropriadas de segurança do dispositivo.
Outra pesquisa do Motive Security Labs descobriu que, pelo contrário, 65% dos assinantes espera que o fornecedor de serviços proteja seus dispositivos móveis e domésticos. O relatório Motive sobre malware concluiu que as taxas de infecção em redes residenciais também aumentaram significativamente em 2014, com malware sendo encontrados em 13,6% das residências, um aumento de 5% em relação ao ano anterior.
 
"Com o número de ataques em dispositivos por malware subindo constantemente com o uso de ultra banda larga pelo consumidor, o impacto na experiência do cliente torna-se uma preocupação primordial dos prestadores de serviços," disse Patrick Tan, Gerente Geral de Inteligência de Rede na Alcatel-Lucent. "Como resultado, estamos vendo mais operadoras adotando uma abordagem proativa para a resolução deste problema, fornecendo serviços que alertam os assinantes sobre malwares em seus dispositivos, juntamente com instruções de autoajuda para removê-los."
 
O relatório Motive Security Labs também observou em 2014 um aumento no número de ataques distribuídos de negação de serviço (Distributed Denial of Service - “DDOS”) usando componentes de infraestrutura de rede, tais como roteadores domésticos, modems DSL, modems a cabo, pontos de acesso a WiFi™ móvel, servidores DNS e servidores NTP. Além disso, aconteceram os primeiros ataques DDOS feitos a partir de telefones celulares, indicando a forma como os chamados movimentos de 'hacktivismo' contra a infraestrutura móvel podem ser feitos no futuro.  Mais informações, clique aqui..


NEC - Conteúdo Patrocinado - Convergência Digital
Multibiometria: saiba como ela pode cuidar da sua segurança digital

Plataforma Super Resolution, que integra espaços físicos e digitais, será apresentada pela primeira vez no Brasil no Futurecom 2018. Um dos usuários da solução é o OCBC Bank, de Cingapura. A plataforma permite o reconhecimento instantâneo das pessoas à medida que se aproximem da agência.

Cibercrime usa Coronavírus para roubar dados pessoais no WhatsApp

Golpe oferece suposto kit gratuito com máscara e álcool gel - a ser dado pelo Governo Federal - para atrair as pessoas mais nervosas em relação à pandemia.

Internet segura: RNP debate como massificar a proteção digital

"Quem sou eu na Internet" é o tema da 14ª edição do Dia Internacional de Segurança em Informática (DISI), que acontecerá no dia 13 de março, no Rio de Janeiro, com a presenças de especialistas em segurança da informação.

Novo golpe usa validação para sequestrar contas do WhatsApp

Especialistas alertam que os criminosos enviam uma mensagem através do app ou de um SMS por meio do qual um contato (também vítima do golpe) menciona que, sem querer, um código de verificação de seis dígitos (que, supostamente, não era dirigido a ela) foi enviado para o seu telefone e solicita que a mensagem seja reenviada com o código.

Dell vende RSA por US$ 2,08 bi e se desfaz de mais um ativo da EMC

Empresa de Michael Dell abriu mão da unidade de segurança cibernética e repassou o controle para um consóricio liderado pela Symphony Technology Group.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G