Convergência Digital - Home

B2B da Oi tem nuvem como pilar de negócios

Convergência Digital
Ana Paula Lobo e Roberta Prescott - 08/04/2015

O mercado de computação em nuvem é bastante competitivo e as teles reestruturaram suas ofertas para oferecer uma experiência diferenciada. "Computação em nuvem é serviço, como tele é serviço. Mas há uma relação mais próxima do cliente com o provedor e nós trabalhamos para melhorar esse canal", destacou Roni Wajnberg, em entrevista à CDTV, do portal Convergência Digital.

E o esforço na área já traz resultados. No balanço financeiro de 2014, as ofertas de data center, cloud e TI, aliadas a soluções de telecomunicações, apresentaram um crescimento anual de 40,6%, contribuindo para um aumento da participação da receita de serviços não-voz para 60,8% no 4T14 (+3,9 p.p. contra o 4T13). Wajnberg deixa claro que a união de TI e Telecom para a oferta de serviços é crucial. "Não tem como não rever esse modelo", ponderou.

Criar novas ofertas é missão da área corporativa para o B2B. E a área de saúde ganha destaque. A empresa lançou, por exemplo, o Oi Nuvem em Laudos, uma ferramenta que tem como principal finalidade reduzir o tempo de transmissão de exames radiológicos para aumentar o número de laudos especializados, principalmente em localidades remotas, quando um médico especializado não está presente para emitir esse laudo. Esta solução é aplicável a qualquer rede pública ou privada de hospitais, postos de saúde, clínicas médicas e laboratórios, em qualquer lugar do Brasil e do mundo, e seu funcionamento requer somente um visualizador de imagens digitais e acesso à internet.

A oferta inclui o hardware e o software para captura, compressão e transmissão das imagens dos exames; acesso a um portal web para gestão dos exames trafegados e registro de laudos médicos; além da gestão, manutenção e operação do Oi Nuvem de Laudos. A solução tem capacidade de transmitir imagens radiológicas utilizando meios de comunicação de pouca capacidade (internet sem garantia de banda, suscetível a quedas de conexão). Pode trafegar em redes de dados 3G, banda larga fixa, IP Connect xDSL (assimétrico), IP Connect e IP Connect SAT.

A segurança é ponto-chave. Tanto que a transmissão da imagem, fim a fim, é extremamente segura por usar o protocolo de criptografia DES RSA de chave criptográfica de 2048 bits. O mercado tipicamente utiliza chaves de 1024 bits. Além do protocolo de criptografia, o acesso ao Oi Nuvem de Laudos é feito através de um ambiente seguro, via rede virtual privada (VPN). O teletrabalho e o aumento da produtividade também impulsionam a criação de serviços específicos. Assistam a entrevista do diretor de soluções de TI para o mercado corporativo da Oi, Roni Wajnberg.


LEIA TAMBÉM:
Cloud Computing ... 08/04/2015
B2B da Oi tem nuvem como pilar de negócios
Destaques
Destaques

CNJ não libera contrato de R$ 1,3 bilhão do TJ/SP com a Microsoft

Mas autoriza o prosseguimento das negociações entre as partes. Decisão final sairá em plenária, ainda não agendada.

Big data e Analytics têm receita projetada em R$ 16,8 bilhões

A cloud pública também mostra crescimento e deve chegar a R$ 10 bilhões de receita no final do ano, de acordo com estudo da IDC, encomendado pela ABES. Com relação à Inteligência Artificial, o levantamento indica que, no Brasil,15,3% das médias e grandes empresas têm essa tecnologia entre as principais iniciativas e espera-se que isso dobre nos próximos quatro anos.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Edge Computing para acelerar os negócios das empresas brasileiras

Por Henrique Cecci*

O que é, afinal, Edge Computing? Trata-se da aplicação de soluções que facilitam o processamento de dados diretamente na fonte de geração de dados. No contexto da Internet das Coisas (IoT), por exemplo, as fontes de geração de dados geralmente são "coisas" com sensores ou dispositivos incorporados.

Intuição versus análise de dados na gestão

Por Douglas Scheibler*

O poder decisório significa alta responsabilidade e inúmeros riscos. Neste cenário caótico, analisar dados é indispensável e é o que justifica uma determinada medida ser considerada como correta, em um cenário específico, em detrimento de outras.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site