GESTÃO

Microsoft goleia ambiente Linux na Internet e nos servidores

Ana Paula Lobo* ... 16/04/2015 ... Convergência Digital

A Microsoft reina absoluta nos mercados de navegadores Internet, em sistemas operacionais para usuários e servidores e no uso do correio eletrônico, revela a 26ª pesquisa sobre o Mercado Brasileiro de TI do Centro de Tecnologia de Informação Aplicada (GVcia) da Fundação Getulio Vargas (FGV).MS perde apenas em banco de dados corporativo para a rival Oracle.

Segundo os dados apurados no levantamento, em sistema operacional para usuário e servidores, o domínio da Microsoft é absoluto. Nos servidores, a MS possui 71% do mercado. O Linux aparece com 17%. O Unix fica com 8% e outros 4%. No cliente - ou no PC do usuário - a Microsoft é ainda mais dominante. Fica com 97% do mercado. Com o Linux e outros sabores aparecendo com apenas 3% das escolhas.

Na Internet, a Microsoft também tem liderança folgada. Nos navegadores Web, com o Internet Explorer a empresa aparece com 85% do mercado. O Google Chrome desponta com 8% e o Mozzila com 6%. Posição bastante semelhante na adoção dos correios eletrônicos. O outlook é o e-mail mais usado no Brasil no ambiente corporativo, com 74%. O Gmail, do rival Google, aparece com 7%. O Lotus Notes, da IBM, fica com 8% e outros somam 6%.

Na planilha eletrônica, outra goleada. O Excel é o produto mais usado com 92%. O XOffice aparece com 6% e outros com 2%.  Em banco de dados, o cenário muda um pouco. A Microsoft lidera, mas já encontra concorrentes. Nos servidores, a empresa perde espaço para a rival Oracle, que fica com 40%. A Microsoft, com Acess e SQL, aparece com 30%. SAP, MySQL e outros, aparecem com 14%. A Progress desponta com 6% e supera a IBM, que fica com 5%.

Nos clientes, a Microsoft retoma a primeira posição com 46% e inverte com a Oracle, que aparece com 30%. IBM, MySQL e Informix ficam com 14%. A Progress com 5%. Segundo ainda o estudo do FGV, os gastos com Tecnologia da Informação, apesar do cenário econômico, vão continuar crescendo no Brasil e devem chegar a 7,6% da receita das empresas.

Em 2014, o Custo Anual por Usuário (Gastos e Investimentos totais em TI no ano dividido pelo número de usuários) atingiu R$ 29.100,00. Os bancos continuam na liderança investindo 13,8% das receitas em TI, seguido por Serviços com 10,8%, Indústria 4,6% e Varejo com 3,4%. O levantamento mostra também que, nos últimos 10 anos, os investimentos das empresas brasileiras na área de TI triplicaram, passando de 2,5% do faturamento para 7,6%, em 2014.

*Com informações da FGV


INSS conclui a revisão de 10 milhões de eventos no eSocial

Segundo o órgão, apenas 40 empresas de um total de 1.400 inicialmente retidas ainda estão com pendências.

Uber assume o serviço do governo federal TaxiGov, mas em contrato temporário

Desde o dia 25 de abril, o Uber é responsável pelo serviço TáxiGov, que já atendeu cerca de 15 mil servidores e colaboradores do governo federal. Licitação para a contratação pelo período de um ano está em curso, diz a secretaria de gestão do ministério da Economia.

Imposto de Renda: mainframes do Serpro operaram com pico de 89,6% de capacidade

Estatal, responsável pelo recebimento das declarações, disse que o tempo de resposta dos programas ficou em torno de 0,02%. O processamento total dos documentos recebidos termina nesta sexta-feira, 03/05.

Ministério Público regulamenta uso do WhatsApp para intimações judiciais

O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) regulamentou o uso do WhatsApp para intimações de processos que tramitam no órgão e no Ministério Público.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G