TELECOM

Teles x OTTs: Na contramão das rivais, TIM amplia acordo com WhatsApp

Ana Paula Lobo* ... 20/04/2015 ... Convergência Digital

TIM e Oi são as operadoras que seguem mais próximas dos OTTs no Brasil. A Oi, com sua parceria com Facebook e Viber, do Twitter. A TIM com a sua aliança estratégica com o WhatsApp, do Facebook, que acaba de ser ampliada para mais planos e usuários da operadora móvel.

Em comunicado ao mercado enviado nesta segunda-feira, 20/04, a TIM revela que o 'zero rating' - ou seja envio ilimitado de mensagens, áudios, imagens e vídeos no WhatsApp – sem desconto na franquia do pacote de dados – agora vale também para o plano pré-pago Infinity e dos planos controle, Liberty Controle, Liberty Controle Express e Infinity Controle. Os clientes dos planos pós-pago Liberty, com cobrança via fatura, também poderão usufruir do benefício do WhatsApp, que não será descontado de sua franquia de internet.

A parceria entre TIM e o WhatsApp foi firmada no final do ano passado e valia apenas para um plano da tele, o Liberty Express, pago pelo cartão de crédito. A justificativa da operadora, dada pelo CMO, Roger Solé, é que "ao não descontar o tráfego do aplicativo da franquia de dados, sobram mais megabytes para o cleinte usar como quiser permitindo que ele esteja cada vez mais conectado e possa fazer mais e ir mais longe".

A ampliação do acordo com o WhatsApp chega no momento em que a rival Claro encerra a parceria que tinha com o Facebook e com o Twitter. O rompimento do acordo foi feito por um SMS à base e houve uma reação forte dos clientes da Claro. TIM e Claro é bom lembrar disputam a segunda posição no mercado nacional e travam também uma disputa acirrada na oferta de banda larga móvel no 3G e no 4G.

Mas essa junção tele  e OTT, no caso TIM e WhatsApp, chegou à Justiça. Em janeiro, o Ministério Público da Bahia instaurou inquérito civil para apurar o descumprimento de regras impostas pelo Marco Civil da Internet por conta do acordo e sustentou que o acerto entre as empresas é abusivo. O tema ganhou mais sabor com o acordo celebrado entre o governo Dilma e o presidente do Facebook, Mark Zuckberg, para usar a rede social como fomento de inclusão digital. Os detalhes do projeto não foram revelados e não se sabe como seria essa aliança do ponto de vista prático. Muito provavelmente esse acerto só deve ganhar corpo em junho, quando Zuckberg tem visita marcada ao Brasil.Também já deverá se conhecer a posição da Sociedade Civil que está participando das consultas públicas do Marco Civil da Internet.

*Com informações da TIM Brasil




Internet Móvel 3G 4G
Leilão 5G na Alemanha já supera 6 bilhões de euros

Licitação, que está na 10ª semana, superou todas as expectativas de arrecadação, mas provoca dúvidas sobre a capacidade financeira dos vencedores para investir na construção das redes.

Painel Telebrasil 2019
A 63ª edição do principal encontro institucional de lideranças do setor de telecomunicações e TICs acontecerá entre os dias 21 e 23 de maio de 2019, em Brasília. Saiba mais em paineltelebrasil.org.br
Veja o vídeo

Telefônica: gap digital é enorme no Brasil

Ao participar do Painel Telebrasil 2019, o presidente da Telefônica/Vivo, Christian Gebara, disse que  a empresa manterá os investimentos no Brasil, mas advertiu que é urgente criar um ambiente mais favorável aos investimentos. Gebara lembrou que 87% dos municípios brasileiros não contam com conexões acima de 34Mbps disponíveis.

Presidente do Senado quer votar marco de telecom até junho

"Estamos buscando o entendimento para ainda neste semestre resolvermos essa matéria e entregarmos ao Brasil a capacidade de investir R$ 20 bilhões, R$ 30 bilhões", disse Davi Alcolumbre às teles durante o Painel Telebrasil 2019.

Leilão do 5G inclui quatro faixas e será o maior da história da Anatel

Proposta que chega ao conselho diretor da agência elenca 3.600 MHz de radiofrequências para o leilão previsto para o primeiro trimestre de 2020. “Quanto maior a disponibilidade, menor será o custo de levar essa capacidade”, afirma o presidente da agência, Leonardo de Morais.

Anatel vai permitir que roteadores WiFi tenham potência maior

“Hoje temos uma limitação de 200 miliwatts na faixa de 5150 a 5350 MHz, limitando o uso apenas indoor, sendo que na faixa superior temos possibilidade de uso de até 1 Watt de potência. Plano é deixar esse limite flat”, explica o gerente de espectro da agência, Agostinho Linhares.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G