SEGURANÇA

Governo dos EUA admite que hackers russos invadiram e-mails de Obama

Da redação* ... 27/04/2015 ... Convergência Digital

Pelo menos parte dos e-mails do presidente americano Barack Obama foi acessada por hackers russos, segundo informa o New York Times com base em depoimentos de autoridades dos EUA que investigam falhas de segurança nas comunicações da Casa Branca. Na prática, o Departamento de Estado confirma agora o que a CNN já revelara no início do mês: as invasões identificadas em outubro do ano passado foram mais sérias do que inicialmente admitidas.

O governo dos EUA sustenta que nenhuma informação sigilosa foi copiada e que os acessos não autorizados ficaram restritos a sistemas pelos quais circulam somente informações sem classificação de sigilo. No entanto, diz o NYT que “eles obtiveram acesso aos arquivos de email de pessoas que trabalham na Casa Branca e possivelmente de fora com quem Obama se comunica regularmente. Dessas contas, alcançaram e-mails que o presidente enviou e recebeu”.

A reportagem diz ainda que apesar dessas ressalvas, “autoridades admitiram que o sistema não classificado rotineiramente contém muita informação considerada altamente sensível: agendas, troca de e-mails com embaixadores e diplomatas, movimentação de pessoal, legislação e, inevitavelmente, algum debate sobre políticas”.

Em outubro de 2014, o governo dos EUA admitiu que uma rede do Departamento de Estado foi vítima de um ataque, mas as autoridades negaram que os hackers tivessem conseguido chegar a sistemas que armazenam ou processam informações confidenciais. Mais recentemente, quando a rede de TV CNN divulgou que comunicações de Obama tinha sido acessadas, o fato, agora também reconhecido, foi negado.

* Com informações do NY Times e da CNN


NEC - Conteúdo Patrocinado - Convergência Digital
Multibiometria: saiba como ela pode cuidar da sua segurança digital

Plataforma Super Resolution, que integra espaços físicos e digitais, será apresentada pela primeira vez no Brasil no Futurecom 2018. Um dos usuários da solução é o OCBC Bank, de Cingapura. A plataforma permite o reconhecimento instantâneo das pessoas à medida que se aproximem da agência.

Reconhecimento facial protagoniza segurança na Copa América

Evento que é considerado o maior do futebol na América Latina terá um mega esquema de segurança e as atividades controladas a partir do Centro Integrado de Comando e Controle Nacional, em Brasília.

Fraude na Internet: Um em cada cinco brasileiros já foi vítima de roubo de identidade

Pesquisa, produzida pela PSafe, projeta que 24,2 milhões de brasileiros foram potenciais vítimas de fraudes online em todo país. O telefone é o dado mais usado de forma fraudulenta, seeguido de credenciais de redes sociais.

Segurança cibernética é tecnológica, é política e é estratégica para um País

Segurança cibernética permeia todas as ações de proteção de uma empresa ou País, advertiu o diretor de relações governamentais e regulatórios da Huawei Brasil, Carlos Lauria.

Vulnerabilidade BlueKeep, no Windows, é tão perigosa quanto foi o Wanna Cry

rA recomendação urgente é a atualização dos sistemas operacionais Windows, em especial, os mais antigos como o Windows 2003, Windows Server 2008 e 2008 R2.
 



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G