Convergência Digital - Home

Corporações vão ser punidas por falhas na proteção dos dados pessoais

Convergência Digital
Convergência Digital* - 25/08/2015

Um tribunal de apelação dos Estados Unidos afirmou que a Comissão Federal de Comércio (FTC, na sigla em inglês) tem autoridade para regular a segurança cibernética corporativa e pode propor uma ação judicial acusando a operadora de hotéis Wyndham Worldwide de falhar na estratégia de proteção às informações dos seus clientes.

A decisão por 3 a 0 do Terceiro Circuito de Tribunais de Apelação dos EUA, na Filadélfia, acolheu nesta segunda-feira, 24/08, a decisão de um tribunal menor, de abril de 2014, permitindo que o caso siga adiante.

A FTC quer responsabilizar a Wyndham por três brechas de segurança em 2008 e 2009. Por meio delas, hackers invadiram seu sistema de computadores e roubaram cartões de crédito e outros detalhes de mais de 619.000 clientes, levando a mais de 10,6 milhões de dólares em cobranças fraudulentas.

A maioria das ações da FTC resultou no pagamento de multas. A rede de hotéis Wyndham, que opera marcas como Wingate, Hawthorn, Days Inn, Ramada Worldwide e Super 8, entre outros, decidiu contestar a capacidade da FTC de usar seu tradicional poder de defesa do consumidor para abordar as práticas de segurança de dados da empresa.

Mas a FTC alegou que a Wyndham falhou em diversas áreas para implementar salvaguardas razoáveis, deixando os dados do consumidor desprotegidos, sem firewalls e usando software desatualizado que não podia receber atualizações de segurança.

*Com informações de agências internacionais


Destaques
Destaques

Brasil fica nas últimas posições em ranking mundial de uso de Big Data e Analytics

Brasil fica na posição 60º em 63º no uso das novas tecnologias da economia digital do Ranking de Competitividade Mundial 2019, produzido pela escola suiça IMD, com parceria no País, com a Fundação Dom Cabral. Em competitividade, País segue nas últimas posições.

Startup catarinense usa big data para combater desperdício de água potável

Startup catarinense, AcquaLogic, desenvolveu solução para tratar os dados de empresas de saneamento para evitar o desperdício. Em 2016, o Brasil jogou no lixo 38% da água consumível, segundo dados do Instituto Trata Água. Startup, agora, quer unir big data à Internet das Coisas.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

As lições do buraco negro e da análise de dados às empresas

Por Paulo Watanave*

O fato é que por trás das aplicações e sistemas usados nas operações já existe um grande e variado conjunto de insights e algoritmos que podem ser usados para gerar valor real às organizações e para as pessoas de um modo geral. Estima-se que menos de 10% das companhias em todo o mundo tenham estratégias bem definidas para a utilização dos recursos digitais e das informações.

Edge Computing para acelerar os negócios das empresas brasileiras

Por Henrique Cecci*

O que é, afinal, Edge Computing? Trata-se da aplicação de soluções que facilitam o processamento de dados diretamente na fonte de geração de dados. No contexto da Internet das Coisas (IoT), por exemplo, as fontes de geração de dados geralmente são "coisas" com sensores ou dispositivos incorporados.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site