TELECOM

WiFi corporativo: roteadores 1Gbps triplicam no mercado brasileiro

Convergência Digital ... 25/08/2015 ... Convergência Digital

Um estudo da IDC Brasil, realizado entre janeiro e março, revela que o mercado corporativo adquiriu cerca de 101 mil access point (dispositivo para aumentar o alcance do sinal sem fio, transformar o sinal cabeado em sinal wireless ou transformar sinal wireless em cabeado), número que é 14% maior do que o apresentado no mesmo período de 2014, gerando uma receita de US$ 21.36 milhões.

Já o total de equipamentos vendidos para o consumidor final foi de 969 mil, desempenho 14% menor do que no mesmo período do ano passado, com receita de US$ 25.36 milhões.  “No primeiro trimestre deste ano, o mercado de redes sem fio não apresentou crescimento. Assim como os demais, ele está exposto às condições macroeconômicas do país e num cenário de desaceleração é natural que um mercado que crescia em média dois dígitos – em 2014 foram 18% de alta -, se retraia”, afirma João Paulo Bruder, gerente de Telecom da IDC Brasil.

Outra justificativa para o desempenho, segundo Bruder, é que as empresas precisam investir em equipamentos mais robustos - e consequentemente mais caros - para dar conta de uma demanda muito maior na comparação com o consumidor final. “Isso explica a diferença de receita e número de equipamentos vendidos entre os dois. O ticket médio do mercado corporativo é bem maior”, acrescenta o gerente da IDC Brasil.

Em relação à velocidade, Bruder destaca a migração do Standard N para o novo Standard AC, equipamento mais rápido e com maior alcance. No mercado corporativo, por exemplo, os roteadores Standard N (300MB por segundo) registraram queda de 23% - em 2014 representaram 66% das vendas e, neste ano, 43%.Já o Standard AC (1GB por segundo) cresceu de 13% para 40%.

Para os consumidores finais, segundo Bruder, aconteceu o mesmo movimento: Standard AC passou de 1% para 12% e o Standard N caiu de 92% para 88%. O ticket médio para as pessoas físicas neste primeiro trimestre ficou em US$ 26. Para 2015, a expectativa da IDC Brasil em relação a este mercado é de alta de apenas 2% e crescimento médio até 2019 de 10%. 

*Com informações da IDC Brasil




Revista do 62º Painel Telebrasil 2018
Veja a revista do 62º Painel Telebrasil 2018 Brasil Digital: O futuro é agora - é o tema da revista do Painel Telebrasil 2018.
Edição, com 104 páginas, consolida os debates realizados no evento, que reuniu a indústria de Telecomunicações.
Clique aqui para ver outras edições

Oi se posiciona como prestadora de serviços de TI

Tele estruturou serviços como segurança cibernética, big data e gestão integrada. "Entender as dores e as necessidades do cliente é uma obrigação", afirma Rodrigo Shimizu, diretor de Marketing do Corporativo da Oi.

"Estamos comprometidos com o futuro do Brasil", diz CEO da Telefónica

Em reunião geral dos acionistas, realizada em Madrid, o presidente do conselho e CEO da Telefónica José María Álvarez-Pallete, afirmou que o Brasil é um dos países que mais vai crescer no mundo com a revolução digital.

Câmara proíbe teles de enviarem mensagens comerciais a clientes

Projeto de Lei 757/03 altera a LGT para vedar o envio de mensagens comerciais próprias ou de terceiros para os celulares dos clientes da telefonia móvel. Terminativo na CCJ, PL segue direto ao Senado. 

Novo projeto de lei prevê cobertura celular obrigatória de 60% das estradas

PL 1721/19 prevê inclusão da medida nas futuras licitações da Anatel. Texto precisa passar pelas comissões de ciência e tecnologia, finanças e tributação e de constituição e justiça. 




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G