TELECOM

Teles reclamam piora econômica para rever queda da tarifa de interconexão

Luís Osvaldo Grossmann ... 28/08/2015 ... Convergência Digital

O Conselho Diretor da Anatel discutiu, e rejeitou, preparar desde já um estudo sobre ‘fatores exógenos’ sobre as quedas previstas no valor da tarifa de interconexão de redes móveis, ou VU-M. A proposta foi feita pelo conselheiro Igor de Freitas na análise de um processo que envolvia a tarifa de interconexão.

“Entendo que já deveríamos orientar a área técnica a fazer essa análise”, sustentou na reunião realizada nesta quinta-feira, 27/8. Rodrigo Zerbone foi contra a ideia, até porque, tecnicamente, não havia pedido a esse respeito no caso que estava sendo julgado. “Não precisamos antecipar se há processos específicos sobre isso”, afirmou.

A Anatel definiu uma trajetória cadente para a tarifa de interconexão, que a própria agência alegava ser a mais alta do mundo. As quedas começaram em 2011, quando a VU-M era superior a R$ 0,40 por minuto. A meta é ficar entre R$ 0,01 e R$ 0,02 em 2018 e o pouso escalonado foi defendido para que o impacto financeiro de um componente ainda fundamental das receitas das teles móveis fosse gradual.

“Algumas premissas mudaram desde quando foram feitas as análises técnicas para a redução da tarifa de interconexão. Por exemplo, estimou-se para todo o período uma inflação de 4,5% ao ano”, diz Igor de Freitas. Por enquanto, o projeção é de IPCA acima de 9% em 2015.

 


Revista do 62º Painel Telebrasil 2018
Veja a revista do 62º Painel Telebrasil 2018 Brasil Digital: O futuro é agora - é o tema da revista do Painel Telebrasil 2018.
Edição, com 104 páginas, consolida os debates realizados no evento, que reuniu a indústria de Telecomunicações.
Clique aqui para ver outras edições

Oi se posiciona como prestadora de serviços de TI

Tele estruturou serviços como segurança cibernética, big data e gestão integrada. "Entender as dores e as necessidades do cliente é uma obrigação", afirma Rodrigo Shimizu, diretor de Marketing do Corporativo da Oi.

Embratel: transformação digital exige experimentar e errar

O cliente é e centro da jornada digital que a operadora faz há sete anos, conta o CEO, José Formoso.

"Estamos comprometidos com o futuro do Brasil", diz CEO da Telefónica

Em reunião geral dos acionistas, realizada em Madrid, o presidente do conselho e CEO da Telefónica José María Álvarez-Pallete, afirmou que o Brasil é um dos países que mais vai crescer no mundo com a revolução digital.

Novo projeto de lei prevê cobertura celular obrigatória de 60% das estradas

PL 1721/19 prevê inclusão da medida nas futuras licitações da Anatel. Texto precisa passar pelas comissões de ciência e tecnologia, finanças e tributação e de constituição e justiça. 




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G