Home - Convergência Digital

Retenção de talentos: o que a sua empresa não está fazendo direito?

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital - 28/08/2015

Uma pesquisa inédita realizada pela Assespro-RS (Associação Brasileira das Empresas de TI do Rio Grande do Sul) com mais de 1 mil profissionais de todo o Brasil revela os cinco principais motivos que leva os funcionários a trocarem de emprego no setor de TIC (tecnologia da informação e comunicações). O primeiro argumento apontado pelos participantes é a remuneração.

Muitos profissionais consideram que receber salário abaixo do mercado é o principal motivo para buscar uma nova oportunidade. Em segundo lugar, os profissionais de TIC apontaram a falta de organização e processos como um dos fatores primordiais, uma vez que a área trabalha, fundamentalmente, com projetos que prescindem de alinhamento entre os participantes. A terceira razão identificada pela Assespro-RS é o clima da organização, ou seja, os profissionais buscam desenvolver seu trabalho onde o clima seja favorável à permanência das pessoas naquele ambiente.

A pesquisa também sinalizou outro importante motivo para o turnover: quando o funcionário não concorda com o modelo de gestão da empresa. Além disso, os profissionais de TI consideram muito a cultura da empresa e preferem trabalhar em locais cujos padrões de comportamento e valores organizacionais correspondam aos seus valores pessoais. Desde o momento da contratação, a transparência por parte da organização acerca dos seus valores e políticas é uma forma mais assertiva de selecionar novos funcionários.

“Apesar de o setor de TIC ser um dos que melhor remunera seus profissionais, com esta pesquisa temos a evidência de que as empresas necessitam criar programas mais amplos e estratégicos, capazes de compreender esses cinco itens em sua totalidade”, destaca Andrea Teixeira, diretora de recursos humanos da Assespro-RS e uma das coordenadoras da pesquisa junto a Cezar Augusto Gehm Filho, diretor de gestão da informação da Assespro-RS, e Débora Roesler, diretora vice-presidente de comunicação da entidade. A pesquisa foi encaminhada por e-mail para diversas empresas de TIC do país e recebeu mais de mil respostas de forma voluntária. A amostra foi composta, majoritariamente, por profissionais com mais de oito anos nas empresas (58%), com ensino superior completo ou em andamento (72%), do sexo masculino (81%) e com idade entre 22 e 35 anos (65%).

Orientações da Assespro-RS para minimizar problemas e reter talentos

Com base nas respostas dos participantes, a Assespro-RS elencou dez itens com orientações para as empresas minimizar problemas e reter talentos. Para Andrea, esse resumo deve se tornar check list obrigatório dos empresários e gestores de recursos humanos.

• Mantenha sua pesquisa salarial atualizada. Conheça o mercado e seus concorrentes.

• Os salários ofertados pelas empresas devem estar de acordo com as práticas adotadas pelo mercado. Porém, não é somente isso. Importante criar formas de benefícios flexíveis em que se consegue entender qual a maior necessidade das pessoas, considerando o que é mais importante para elas.

• Não prometa aquilo que não se consegue cumprir.

• A transparência na hora de oferecer a oportunidade é fundamental para que ambos os lados estejam satisfeitos.

• Para que a empresa e o profissional façam a melhor escolha. Tanto relativo às tarefas quanto as possibilidades de crescimento.

• Prepare seus líderes para serem “gestor de pessoas”.

• Os líderes são os grandes responsáveis por manter um bom clima de trabalho.

• O seu modelo de gestão pode ser flexível sim. Na era da inovação, por que não inovar adotando um novo modelo de gestão? O modelo de gestão vem de cima. Portanto, treine seus líderes.

• Inove e melhore seu processo seletivo. Contrate pessoas em que os valores da empresa estão de acordo com os valores pessoais.

• As novas gerações exigem feedback constante. Todos merecem. Adote definitivamente essa prática.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

14/08/2019
Prestadora de serviços de TI abre mais de 100 vagas de tecnologia em São Paulo

12/08/2019
TICs vão demandar 700 mil novos profissionais na Indústria em cinco anos

09/08/2019
Chatbot Fernanda comanda processo de escolha de estagiários do Uber no Brasil

30/07/2019
Novas demissões são alerta para indústria eletroeletrônica

29/07/2019
Empresa de software abre mais de 100 vagas em nove estados

24/07/2019
Agência canadense usa Skype para contratar brasileiros de TI

15/07/2019
Empresa do setor imobiliário abre 100 vagas para Tecnologia em São Paulo

08/07/2019
Fintech de contabilidade abre 100 vagas

07/06/2019
Vai à sanção lei que cria Carteira de Trabalho eletrônica

06/06/2019
Empresas de TI de Santa Catarina estão com mais de 700 vagas

Veja mais artigos
Veja mais artigos

A urgência de cultivar talentos para TIC no Brasil e no mundo

Por Breno Santos*

A transformação digital ainda é um desafio para muitas empresas no Brasil e a aplicação estratégica das novas soluções deve acontecer por meio de equipamentos e mão de obra qualificada.

Destaques
Destaques

TICs vão demandar 700 mil novos profissionais na Indústria em cinco anos

Dados são do Mapa do Trabalho Industrial, feito pelo SENAI, que indicam ainda a urgência na qualificação de 10,5 milhões de trabalhadores em ocupações industriais por conta da indústria 4.0. Um dos especialistas em alta é o condutor de processos robotizados, com um incremento de 22% no número de vagas.

Técnicos são os que mais procuram especialização em Big Data

Cursos voltados para desenvolvimento Full Stack e Segurança Cibernética também são bastante demandados. No caso do big data, dos alunos formados nesta área, 45% possuem mais de 10 anos de experiência (sênior); 36% até nove anos (pleno) e 19% até três anos (recém-formados).

Agile reescreve a carreira do desenvolvedor de software

Ao mudar a entrega dos serviços – quebrando a prática dos longos projetos –, a metodologia também exige novos profissionais.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site