TELECOM

Aumento da alíquota do ICMS terá impacto imediato de 7% na conta do consumidor

Convergência Digital* ... 01/10/2015 ... Convergência Digital

Em crise econômica, os Estados estão aumentando a alíquota do ICMS (Imposto sobre mercadoria e serviços) dos serviços de telecomunicações. A medida, já anunciada pelos Estados de Minas Gerais, Pernambuco, Rio Grande do Sul e Sergipe, além do Distrito Federal, vai gerar um aumento de até 20% no gasto com tributos e um impacto de 7% nas contas, adverte a Associação Brasileira de Telecomunicações, Telebrasil.

Segundo a entidade, atualmente, o gasto médio do brasileiro com serviços de telefonia móvel é de R$ 17,50, mas só com tributos ele paga a mais R$ 7,53. De acordo com a última Pesquisa de Orçamento Familiar (POF), do IBGE, quem ganha até R$ 830 por mês, tem um gasto mensal de R$ 5,84 com celular. Neste caso, R$ 2,51 são só para pagar os impostos.

A carga tributária brasileira sobre os serviços de telecomunicações, hoje, é de 43% e o ICMS tem o maior peso nesse percentual. A entidade informa que, em 2014, o ICMS arrecadou R$ 33 bilhões sobre os serviços de telefonia fixa e móvel, banda larga e TV por assinatura. Considerando outros tributos, como os fundos setoriais, o setor de telecomunicações, relata a entidade de classe, recolheu R$ 60 bilhões aos cofres públicos. De toda a riqueza gerada pelas telecomunicações, o governo fica com 59%, enquanto os trabalhadores ficam com 9,2% e os acionistas, com 6,8%.

A preocupação do setor, detalha o comunicado enviado ao mercado nesta quinta-feira, 01/10, pela Telebrasil, é a queda de uso por parte dos consumidores dos serviços como telefonia celular, e por tabela, da internet móvel, que foi o principal instrumento de massificação da banda larga no país.Em Pernambuco, destaca a Telebrasil, 61% dos proprietários de celular ganham menos que um salário mínimo. Em Sergipe, outro Estado que pretende aumentar a alíquota do ICMS, 64% dos proprietários de celular têm renda inferior a um salário mínimo.

Em Minas Gerais, quase metade dos proprietários de celular (46%) ganha até um salário mínimo. No Distrito Federal e no Rio Grande do Sul, esse percentual é de 38%. O consumidor gaúcho é o que sentirá o maior aumento na alíquota de ICMS, que passará de 25% para 30%. No caso específico dos serviços de TV por assinatura, o aumento da alíquota de ICMS é ainda maior, de 50%.

A partir de janeiro de 2016, o ICMS sobre esses serviços subirá de 10% para 15% no Distrito Federal e nos Estados do Mato Grosso, Paraíba e Rio Grande do Sul. Neste último, o serviço será onerado ainda em mais 2% para recolhimento ao Fundo de Combate à Pobreza.

*Com informações da Telebrasil




Internet Móvel 3G 4G
App permite ao MPDFT concluir inventário de bens móveis em sete dias

Ferramenta, desenvolvida internamente e instalada nos celulares dos servidores públicos, permitiu localizar e catalogar, em tempo recorde, 34.378 itens em todas as unidades da instituição. Até então, o prazo médio do trabalho era de três meses.

Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições

Consumidores reclamam de proposta da Anatel que reduz conselho de usuários

Idec e Coalizão Direitos na Rede apontam que novo regulamento do Cdust prevê apenas um conselho nacional por operadora, no lugar dos 30 regionais atuais. E que agência suspendeu eleição com 300 mil votos. 

Projeto que torna roaming obrigatório passa na CCT da Câmara

Medida, que na prática já é prevista em leilões de espectro, vale somente para Vivo, Claro, Tim e Oi. 

STF nega recurso e TIM vai pagar multa de R$ 1 milhão por “Ilimitado” e “Liberty”

Em ação iniciada ainda em 2012, Ministério Público do DF reclamou de publicidade enganosa e restrições unilaterais nos contratos. Em nota, TIM “reitera o compromisso com a transparência das suas ofertas de planos e serviços”. 

Bolsonaro: Nova Lei de Telecom é uma oportunidade ímpar de mudar o Brasil

Governo realizou uma solenidade no Palácio do Planalto para marcar a sanção do novo marco legal. Ministro Marcos Pontes e representantes do setor participaram da cerimônia.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G