GESTÃO

BM&FBovespa manda Telebras manter cotação de ações acima de R$ 1,00

Luiz Queiroz ... 26/10/2015 ... Convergência Digital

Por ordem da BM&FBovespa, a Telebras comunica hoje (26/10), aos seus acionistas, que recebeu um ofício da entidade financeira, na qual ela cobra que a empresa estatal mantenha no mercado financeiro suas ações num patamar superior a R$ 1,00 (1 real), por unidade, em 30 pregões consecutivos. Entre o período entre 18 de agosto e 29 de setembro, os paéis da estatal permaneceram cotados abaixo desta quantia, descumprindo o "Regulamento para Listagem de Emissores e Admissão à Negociação de Valores Mobiliários".

A empresa está obrigada a divulgar ao mercado, por meio de Fato Relevante fora do horário de pregão, até o próximo dia 6 de novembro, os procedimentos e o cronograma adotado para enquadrar a cotação das ações de sua emissão acima de 1 real. O prazoi para elevar a cotação vai até a data da próxima Assembléia Geral Ordinária que for deliberar sobre as demonstrações financeiras do exercício de 2015.

A BM&FBovespa também recomenda que a Telebras  observe o seu manual de "Orientações sobre o grupamento de ações". A empresa estatal chegou a pensar em realizar esse grupamento logo após a sua reativação, na gestão do ex-presidente Rogério Santanna, mas depois abandonou o assunto.

Punição

Se a Telebras não cumprir a determinação no prazo estipulado, ou seja: até a Assembléia Geral Ordinária que vai deliberar sobre o balanço de 2015, a BM&FBovespa irá suspender as negociações com as ações da estatal no mercado financeiro.

Tal ocorrência seria prejudicial para a empresa e até poderia inviabilizar a sua permanência no mercado de Telecomunicações, pois a Telebras, assim como outras empresas estatais que acumulam prejuízos sucessivos, sobrevivem atualmente atráves de aumentos do seu capital social pelo governo. A própria empresa foi obrigada a divulgar nesta segunda-feira, 26/10, no Diário Oficial da União essa imposição feita pela BMFBovespa.


Simples Nacional: prazo para regularização termina no dia 31 de janeiro

Prazo é válido para novas empresas ou para quem foi excluído no ano passado e deseja voltar a fazer parte desse modelo de tributação.

Empresas de software reagem a novo imposto no Rio de Janeiro

Tributo, oriundo do Fundo Orçamentário Temporário (FOT), passaria a valer a partir de 01 de janeiro, mas liminar, concedida à FIRJAN, adiou a cobrança para março. "Legislação é inconstitucional e vamos reagir", diz o presidente do TI Rio, Benito Paret.

Contrato bilionário de serviços na nuvem do TJSP com Microsoft volta à mesa com decisão do STF

Supremo suspendeu uma resolução do CNJ que obriga aos tribunais a adotarem plataforma desenvolvida pelo próprio Judiciário para tramitação eletrônica de processos.

Ministério da Justiça vai usar OTTs de mensagem para mandar intimações

Não está claro se as intimações irão por WhatsApp e Telegram ou por apenas um OTT. Os interessados têm de concordar em receber a intimação pelo celular.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G