INCLUSÃO DIGITAL

TV Digital: Teles e tevês adiam costura de acordo por 45 dias

Luís Osvaldo Grossmann ... 17/12/2015 ... Convergência Digital

Em nova reunião do grupo de implementação da TV Digital – que reúne governo, Anatel, teles e tevês – foi acertado esticar por mais 45 dias o prazo de entrega de sugestões de encaminhamento ao Ministério das Comunicações. Ou seja, operadoras móveis e radiodifusores ainda não chegaram a um entendimento sobre como mexer no cronograma do desligamento analógico em todo o país.

O prazo original solicitado pelo Minicom para esse relatório, de 15 dias, terminaria no sábado próximo. No encontro desta quinta, 17/12, o Gired também aprovou a compra de equipamentos conversores de sinais para serem distribuídos aos beneficiários do Cadastro Único de programas sociais em Rio Verde-GO, a cidade-piloto da transição digital.

Tratam-se de conversores bem mais simples do que aqueles entregues aos inscritos no Bolsa Família – serão apenas ‘zappers’, sem recursos de interatividade ou maiores ferramentas. A entrega deve começar em cerca de 10 dias e durar até o fim de janeiro.

Até aqui, a conta é de que cerca de 78% dos domicílios estão aptos a receber os sinais digitais de TV. Mas (novas) mudanças propostas à metodologia de aferição podem elevar o percentual a próximo de 90%. Como há 17 mil inscritos no Cadastro Único (além dos 7 mil do BF) em Rio Verde, acredita-se que nem será preciso distribuir o equipamento a todos para ser atingida a meta de 93%.

O novo prazo para um entendimento entre teles e tevês sobre o calendário de desligamento se alinha com a decisão do governo de adiar a transição na cidade-piloto por mais 60 dias (embora possa ser antes caso efetivamente funcione a estratégia de distribuir novos conversores gratuitamente.


Mais da metade das mulheres no mundo está sem acesso à Internet

União Internacional de Telecomunicações adverte que o sexo feminino é o mais afetado pela desigualdade no acesso à banda larga, em especial, nos países em desenvolvimento.

Huawei: nação digital é o último estágio da transformação digital

Conceito ainda é muito novo, mas engloba o uso e a análise dos dados para retroalimentar produtos e processos, conta o diretor de Comunicação e Relações com o Governo da Huawei Brasil, Juelinton Silveira.

Audima cria ferramenta para levar conteúdo aos analfabetos digitais

A partir da própria dor, uma vez que tem dislexia, Paula Pedrosa criou a Audima, uma startup que transforma palavras em áudios. "O império da visão exclui muita gente. Nosso desafio, hoje, é mostrar que inclusão monetiza", observa a executiva.

Domicílios com Internet chegam a 67% no Brasil, mas desigualdade permanece

TIC Domicílios 2018, do CGI.br, revela que as classes D e E elegeram o smartphone como o meio preferencial de acesso.

Nas favelas, há jovens ávidos para aprender e trabalhar com TICs

O projeto Vai na Web já formou 200 jovens em linguagem de programação, mas, agora,busca recursos para ensinar as profissões do futuro como Inteligência artificial e internet das coisas.

Anatel aprova consulta para aumentar potência do Wi-Fi

Além de permitir o uso de equipamentos WiFi na faixa de 60 Ghz, para o WiGig, que promete conexões de até 7 Gbps, agência prevê aumentar a potência atual dos aparelhos na faixa de 5 GHz.  



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G