TELECOM

Confederação Nacional de TIC projeta sistema S próprio para a formação de mão de obra

Ana Paula Lobo* ... 27/10/2017 ... Convergência Digital

A Confederação Nacional da Tecnologia da Informação e Comunicação (CONTIC) foi oficializada nesta sexta-feira, 27/10, por portaria do Ministério do Trabalho e a meta, a partir de agora, é criar um sistema S para a formação de mão de obra especializada em TI e Telecomunicações. "Os recursos já existem e a missão é formar especialistas para Internet das Coisas e 5G, entre outras tecnologias", explica o presidente-executivo da Febratel, Eduardo Levy.

A CONTIC reúne a Federação Brasileira de Telecomunicações (Febratel), a Federação Nacional das Empresas de Informática (Fenainfo) e a Federação Nacional de Instalação e Manutenção de Infraestrutura de Redes de Telecomunicações e de Informática (Feninfra).

A Confederação abarca mais de 75 mil empresas e representa 8% do PIB brasileiro em produção de riqueza para a economia nacional. A entidade representa cerca de 2 milhões de trabalhadores e apenas, em Telecomunicações,recolhe mais de R$ 60 bilhões em tributos por ano e tem mais de 330 milhões de clientes. No primeiro ano de formação, a CONTIC foi presidida por Luiz Alexandre Garcia, da Febratel. Este ano, o comando está com a Feninfra, presidida por Vivien Suruagy. 

"A CONTIC nos dá uma representatividade para entrar em Conselhos da República e autonomia para cuidarmos dos temas referentes ao desenvolvimento das TICs", pontua Levy. E um dos temas à mesa é a questão tributária e a possível volta da reoneração da folha de pagamento e da minirreforma tributária, com a intenção de aumento da alíquota do PIS/Cofins.

Ficou assim definida a diretoria da entidade, com mandato até julho de 2019, com rodízio anual na presidência, conforme delibera o estatuto da CONTIC.

Presidente: Vivien Suruagy – Feninfra

1º vice-presidente: Márcio Girão - Fenainfo

2º vice-presidente: Luiz Alexandre – Febratel

2º delegado titular -  Febratel – Eduardo Levy

2º delegado titular - Fenainfo – Edgar Serrano

2º delegado titular - Feninfra – Gilnei Machado

*Com informações da Febratel


Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições

Anatel aperta o cerco aos equipamentos piratas de TV por Assinatura

Agência reguladora alerta que os aparelhos sem homologação aumentam o risco de vazamento de materiais tóxicos, choques elétricos e até explosões. No ano passado, mais de 200 mil foram lacrados. 

Vivo coloca IA Aura para atender clientes pelo WhatsApp

Pelo número 11-99915-1515, é possível esclarecer dúvidas sobre planos e promoções, verificar consumo de dados, fazer recargas com bônus e receber 2ª via de conta, entre outras funcionalidades.

5G e Internet das Coisas são prioridades para os países do BRICS

“Foram discussões em quatro áreas, IoT na agricultura, 5G, banda larga e transformação digital”, resumiu o ministro Marcos Pontes.

Silêncio positivo para antenas passa na MP da Liberdade Econômica, mas não como o mercado esperava

Serão os órgãos públicos- os responsáveis pela burocracia excessiva e que restringem a liberação da implantação - os responsáveis por determinar um prazo máximo de resposta. MP da Liberdade Econômica também mexeu em pontos da Lei trabalhista.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G