Clicky

GOVERNO » Legislação

Congresso não consegue mudar Lei de Informática em 2018

Ana Paula Lobo e Pedro Costa ... 15/03/2018 ... Convergência Digital

Pressionado pela Organização Mundial do Comércio para mudar a dinâmica dos incentivos fiscais da Lei de Informática, o Brasil dificilmente terá condições de aprovar ajustes ainda no ano eleitoral de 2018. Como destacou o deputado e ex-ministro de Ciência e Tecnologia, Celso Pansera (PT-RJ) no 3º Seminário Brasscom Políticas Públicas & Negócios, estratégia é deixar pronto um relatório final para ser aprovado na próxima legislatura. 

“Não temos condições de acreditar em plenário uma lei complexa como essa. Mas existe ambiente para uma comissão especial, estabelecer um cronograma de debates, andar pelo Brasil e construir um bom relatório final do que seria uma lei de informática brasileira. E legar para o próximo parlamento um processo elaborado, trabalhado, pensado, de estratégia brasileira de lei de informática, sem esperar que o governo seja o protagonista.”

Segundo ele, as mudanças devem contemplar ainda os ajustes nas métricas de prestação de contas dos incentivos, tema da Medida Provisória 810/17. Assistam a entrevista com o deputado Celso Pansera.


Dell: proteção de dados exige pilares na segurança cibernética

“Ataques estão mais sofisticados enquanto as pessoas e as empresas mais expostas. Precisamos de avançar na cultura da segurança cibernética”, observou o diretor da Dell para setor público, Bruno Assaf.

Plano do Ceitec é manter 105 empregados até leilão da estatal em setembro

Em audiências de conciliação no TRT-RS, trabalhadores defenderam a transferência, mas governo ainda resiste à proposta. Estatal em liquidação insistiu na demissão de 33 funcionários, suspensa pela Justiça.

ANPD define listas tríplices para vagas no Conselho Nacional de Proteção de Dados

Dos 122 indicados, Autoridade aprovou 39, de onde sairão os 13 escolhidos pelo presidente Jair Bolsonaro.  Brasscom, Federação Assespro, ConTIC e Feninfra estão entre os selecionados.

LGPD: cidadão vai controlar dados pessoais pelo portal Gov.br

Promessa é secretário de governo digital do Ministério da Economia, Luis Felipe Monteiro. Plataforma permitirá ao cidadão revogar autorizações, ou reclamar à CGU.

Economia será o 'tinder' do financiamento para evitar desperdício no governo digital

“Não faz sentido um estado investir em uma identidade digital se já temos uma no governo, ou dois municípios gastarem com plataforma de gestão de tributo local”, explica o secretário Luis Felipe Monteiro.



  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G