TELECOM

Anatel: Políticas públicas de telecom estagnaram no Governo

Luís Osvaldo Grossmann ... 11/09/2018 ... Convergência Digital

Ao difícil cenário de estagnação econômica, o país soma a paralisia política. Com essas tintas o presidente da Anatel, Juarez Quadros, lamentou que as várias políticas públicas relacionadas diretamente às telecomunicações continuem no campo das ideias e das promessas.

“As políticas públicas ainda são esperadas, e com muita ansiedade por nós na Anatel. Sem elas é impossível o desdobramento dos trabalhos regulatórios, tanto na revisão do marco legal das telecomunicações como na alteração da lei do Fust. Há necessidade de um decreto para tratar do PGMU, mas ele também não sai”, disparou o presidente da Anatel.

Quadros falou durante seminário sobre os 20 anos de privatização das telecomunicações e a expectativa para os próximos, promovido pelo portal Telesíntese, nesta terça-feira, 11/09. As críticas ainda incluíram projetos que supostamente estariam em estágio avançado – ou assim indicara o Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações –mas que seguem à espera de publicação pelo governo, especialmente na forma de decretos presidenciais.

“No plano nacional de internet das coisas também se espera um decreto, fruto de um trabalho contratado pelo ministério e pelo BNDES, com diagnóstico concluído, mas o decreto necessário está pendente e o retardo acaba não liberando os insumos necessários, assim como a política pública que substituiria os decretos hoje vigentes. E falta tratarmos de políticas de tributação”, completou Juarez Quadros.

Segundo ele, dentro da agência há quem defenda caminhos infralegais para modernizar o modelo regulatório, notadamente a publicação de um decreto presidencial que remova a telefonia fixa como serviço prestado em regime público. “Haveria uma solução que independeria de legislação. A gente comunga dessa ideia, mas não há interesse dos governos, nem dos passados, nem do atual”, disparou o presidente da Anatel.


Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições

Anatel aperta o cerco aos equipamentos piratas de TV por Assinatura

Agência reguladora alerta que os aparelhos sem homologação aumentam o risco de vazamento de materiais tóxicos, choques elétricos e até explosões. No ano passado, mais de 200 mil foram lacrados. 

Vivo coloca IA Aura para atender clientes pelo WhatsApp

Pelo número 11-99915-1515, é possível esclarecer dúvidas sobre planos e promoções, verificar consumo de dados, fazer recargas com bônus e receber 2ª via de conta, entre outras funcionalidades.

5G e Internet das Coisas são prioridades para os países do BRICS

“Foram discussões em quatro áreas, IoT na agricultura, 5G, banda larga e transformação digital”, resumiu o ministro Marcos Pontes.

Silêncio positivo para antenas passa na MP da Liberdade Econômica, mas não como o mercado esperava

Serão os órgãos públicos- os responsáveis pela burocracia excessiva e que restringem a liberação da implantação - os responsáveis por determinar um prazo máximo de resposta. MP da Liberdade Econômica também mexeu em pontos da Lei trabalhista.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G