TELECOM

MCTIC: política pública será diferencial para avançar com o 5G

Ana Paula Lobo e Pedro Costa ... 28/11/2018 ... Convergência Digital

Ao representar o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, na  6ª edição do Global 5G Event, realizada pela Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil), nesta quarta-feira, 28/11, o secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do órgão, Maximiliano Martinhão, advertiu que o Brasil precisa trabalhar para construir um ecossistema sustentável para o 5G.

"Não basta dar espectro. É preciso que se tenha regras claras e um modelo de negócios capaz de atrair investimentos. Vários países estão apostando também no 5G. O Brasil precisa ser capaz de construir o seu modelo atraente", reiterou Martinhão. Segundo ele, o País avançou ao criar uma estratégia digital e  ter elaborado um Plano Nacional de Internet das Coisas. "5G será crucial para a IoT funcionar como esperamos", observou.

Maximiliano Martinhão enumerou os principais desafios do País: o econômico, voltado à atração de investimentos; o desenvolvimento de tecnologias para atender ao Brasil que não está nos grandes centros; e o regulatório, pensando,por exemplo, em licenciamento e certificação de produtos, que desaguam na formulação de uma política pública consistente para a era digital e, por consequência, para o 5G. "Não podemos perder essa oportunidade. Ações estão sendo feitas, mas precisamos de mais", afirmou o secretário do MCTIC.


Internet Móvel 3G 4G
Huawei usa robôs em centro de distribuição no Brasil com uso do 5G industrial

Centro de Distribuição de Sorocaba-SP foi 100% digitalizado e ganhou maior capacidade de transferência de dados e a menor latência da nova geração tecnológica. Fabricante diz que houve um ganho de eficiência de 30%. 

Anatel recria 10 colegiados após extinção por Decreto presidencial

Uso do Espectro, Defesa dos Usuários, Prestadoras de Pequeno Porte, Aferição da Qualidade, Ofertas de Atacado, Acompanhamento de Redes são alguns dos grupos reestabelecidos pela agência. 

Reclamações contra oferta de banda larga crescem 40% com a quarentena da Covid-19

Queixas na Anatel cresceram especialmente a partir de março. No conjunto dos serviços, agência recebeu 1,52 milhão de reclamações entre janeiro e junho. Também houve um aumento de 20% com relação à telefonia móvel.

Oi quer corte de dívida com Anatel por desequilíbrio na concessão

“Tem que fazer um PGMU mais leve para que a gente possa respirar”, defende a diretora regulatória, Adriana Costa. Anatel esclarece que concessão não é sinônimo de lucro garantido. 

Huawei defende reserva de 500 MHz da faixa de 6GHz para as teles

Para o diretor da Huawei Brasil, Carlos Lauria, a reserva técnica é a melhor garantia para aguardar a evolução da tecnologia. "Se der tudo agora, não tem como voltar atrás depois", observa o executivo.

Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G