TELECOM

TV paga: ou muda ou fica pequena no Brasil

Ana Paula Lobo* ... 30/11/2018 ... Convergência Digital

A TV por assinatura terá de mudar o seu modelo ou vai morrer no Brasil. Em pouco mais de três anos, o serviço já perdeu mais de 3 milhões de assinantes.
De acordo com dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), divulgados nesta sexta-feira, 30/11, o Brasil registrou 17.701.082 contratos ativos do serviço de TV por Assinatura no mês de outubro de 2018, redução de 418.241 assinaturas (-2,31%) nos últimos 12 meses. Em relação ao mês anterior, a diminuição foi de 102.999 assinaturas (-0,58%). Em 2014, no auge do serviço, havia quase 20 milhões de assinantes.

Os quatro maiores grupos de TV por Assinatura no Brasil detinham 17.193.565 contratos ativos (97,13% do mercado) em outubro de 2018. São eles: a Claro/NET com 8.760.789 assinaturas (49,49%), a Sky, com 5.242.368 (29,62%), a Oi com 1.599.090 (9,03%) e a Vivo com 1.591.318 (8,99%). Dessas, apenas a Oi apresentou crescimento, mais 123.575 contratos (+8,38%) nos últimos 12 meses. A Claro/NET registrou diminuição de 427.283 (-4,65%), a Vivo menos 18.001 contratos (-1,12%) e a Sky menos 8.939 (-0,17%).

Os três estados que apresentaram maior crescimento percentual de TV paga nos últimos 12 meses foram Maranhão, mais 19.024 (+10,91%), Amazonas, mais 16.313 (+5,60%), e Pará, mais 14.575 (+4,73%). Os maiores mercados continuam sendo São Paulo, com 6.563.789 contratos ativos no mês de outubro de 2018 (37,08% do total), Rio de Janeiro, com 2.388.760 (13,49%), e Minas Gerais, com 1.560.824 (8,82%).

Os números da TV por Assinatura estão disponíveis no Portal da Anatel. A Agência informa que a prestadora Brisanet teve o registro de junho de 2018 repetido para o mês de outubro de 2018 por não encaminhar os números do serviço há quatro meses.

*Com dados da Anatel

 


Revista do 62º Painel Telebrasil 2018
Veja a revista do 62º Painel Telebrasil 2018 Brasil Digital: O futuro é agora - é o tema da revista do Painel Telebrasil 2018.
Edição, com 104 páginas, consolida os debates realizados no evento, que reuniu a indústria de Telecomunicações.
Clique aqui para ver outras edições

Oi se posiciona como prestadora de serviços de TI

Tele estruturou serviços como segurança cibernética, big data e gestão integrada. "Entender as dores e as necessidades do cliente é uma obrigação", afirma Rodrigo Shimizu, diretor de Marketing do Corporativo da Oi.

"Estamos comprometidos com o futuro do Brasil", diz CEO da Telefónica

Em reunião geral dos acionistas, realizada em Madrid, o presidente do conselho e CEO da Telefónica José María Álvarez-Pallete, afirmou que o Brasil é um dos países que mais vai crescer no mundo com a revolução digital.

Câmara proíbe teles de enviarem mensagens comerciais a clientes

Projeto de Lei 757/03 altera a LGT para vedar o envio de mensagens comerciais próprias ou de terceiros para os celulares dos clientes da telefonia móvel. Terminativo na CCJ, PL segue direto ao Senado. 

Novo projeto de lei prevê cobertura celular obrigatória de 60% das estradas

PL 1721/19 prevê inclusão da medida nas futuras licitações da Anatel. Texto precisa passar pelas comissões de ciência e tecnologia, finanças e tributação e de constituição e justiça. 




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G