INCLUSÃO DIGITAL

Para Kassab, sobras devem ficar na expansão da cobertura da TV Digital

Luís Osvaldo Grossmann ... 12/12/2018 ... Convergência Digital

Na disputa entre teles e emissoras de televisão pelos R$ 877 milhões estimados em sobras do processo de migração da TV Digital, o ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, sustentou que os recursos sejam mantidos como previsto, para a distribuição de kits de recepção para famílias de baixa renda e transmissores digitais.

“Esse é um recurso importante e seu direcionamento não pode ter nenhum questionamento, ou poderemos perder esse recurso e comprometer o programa. O dinheiro deve ir para a continuidade do programa, até porque foi um recurso arrecadado para esse fim. Portanto seria algo muito, não diria arriscado, mas diferente”, afirmou Kassab.

Nesta terça, 12/12, o ministro liderou a cerimônia de assinatura da portaria que determina o desligamento dos sinais analógicos de televisão em 545 cidades no interior de São Paulo e do Rio de Janeiro. O último agrupamento com desligamento analógico previsto para esta fase – Mossoró (RN), Governador Valadares (MG), Dourados (MS), Marabá (PA), Petrolina (PE) e Parnaíba (PI) – deve acontecer em 9 de janeiro de 2019.

O setor de radiodifusão já apresentou proposta para que as sobras desse processo sejam destinadas a mais kits de conversores para as famílias pobres e para transmissores digitais para prefeituras que financiaram as próprias antenas retransmissoras de TV dos municípios. Kassab aponta que o edital da faixa de 700 MHz previa essa destinação.

“O ministro das Comunicações, quando tem divergência sobre um assunto, se não se manifesta não é ministro. Minha opinião é clara. O recurso foi arrecadado para esse fim. Portanto ao mudar seu direcionamento temos grande risco de questionamento jurídico para quem fez a mudança e sobre o programa”, insistiu o ministro.

“O que temos é um bom problema”, afirmou o presidente da Anatel, Leonardo de Morais. “Cumprimos o cronograma com menos recursos previstos. Algo que não é recorrente no contexto das políticas em geral, públicas ou privadas. E essa questão vai ser definida com diálogo e a percepção de todos os atores de quais são os projetos que melhor se amoldam à política pública definida.”

O tema vai ser encaminhado pelo Gired, o grupo de TVs, teles, Anatel e MCTIC que coordena a implantação do sistema brasileiro de TV Digital, para uma decisão do Conselho Diretor da Anatel. Isso porque os recursos, originalmente R$ 3,6 bilhões, são parte do preço pago pelas operadora móveis pela faixa de 700 MHz, em leilão realizado em 2014.


Carreira
Apps proibidos acirram confronto entre patrões e empregados no home office

Pesquisa mostra que mais de  50% da chamada geração Millenium e da geração Z ignoram as políticas de segurança dos empregadores. Levantamento da PWC, porém, também aponta que pouco mais de 20% das empresas, de fato, estabeleceram regras para o trabalho remoto.

Licitação do MEC abre espaço para MVNOs na oferta de banda larga móvel gratuita

Propostas têm de ser enviadas ao governo até o dia 17. Contratação acontece ainda em julho. O preço de referência da RNP para este processo é de R$ 0,56 GByte/mês sem ICMS, considerando um pacote de dados de 20 Gbytes, para a quantidade de 5.000 alunos. 

MEC exige energia elétrica nas escolas para levar banda larga

Escolas precisam também estar  em área de cobertura terrestre ou via satélite, e ter mais de 14 matrículas em 2020. 

No Brasil, 4,8 milhões de crianças e adolescentes não têm acesso à Internet

A desigualdade digital e social se evidencia quando se constata que a maior parte dos sem acesso está nas classes D e E e nas regiões Nordeste e Norte. O celular é o meio principal de contato com a rede social.

No Brasil, 39% dos alunos das escolas públicas não têm PCs, notebook ou tablet para estudar

A TIC Educação 2019 constata ainda que nas escola rurais, apenas 40% delas têm um PC ou uma conexão à Internet.

Brasil soma 424 milhões de dispositivos digitais em uso. Smartphone é o rei

São 234 milhões de smartphones em uso no País e 190 milhões de computadores, revela pesquisa da FGVcia/SP. Em 2019, foram 12 milhões de PCs vendidos. Em 2020, a Covid-19 exigiu a troca de dispositivos e deverá incrementar o mercado, diz o professor Fernando Meirelles.

Aloo Telecom cede rede de fibra ótica para viabilizar UTI virtual

A Aloo Telecom é responsável por toda a tecnologia por trás do projeto UTI Virtual, em pareria firmada com o Hospital do Coração (HCOR) e a Fundação Cardiovascular de Alagoas (Cordial). Aliança permitirá atendimento em tempo rela para 100 leitos nos hospitais do SUS de Alagoas.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G