NEGÓCIOS

Senior compra Mega Sistemas na disputa pelo segmento de ERP para PMEs

Convergência Digital* ... 17/12/2018 ... Convergência Digital

A Senior, empresa nacional em soluções para gestão empresarial, comprou a também brasileira Mega Sistemas, com sede em Itu (SP), unidades em Curitiba (PR), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), e Natal (RN). Os valores da transação não foram revelados. Juntas, as marcas devem alcançar faturamento superior a R$ 400 milhões em 2019. De janeiro a novembro deste ano, a Senior já superou a marca dos R$ 300 milhões de faturamento, número inédito para a companhia.

"Esta é a 12ª aquisição realizada pela Senior nos últimos anos e segue o planejamento de crescimento sustentável da companhia. A Mega é uma empresa consolidada e com grande representatividade, que irá agregar qualidade de produtos e serviços ofertados. Temos agora mais de 12 mil empresas sob nosso portfólio, além de uma representatividade importante em relação à oferta brasileira de ERP e soluções de gestão, já que ambas as marcas possuem soluções bem avaliadas e reconhecidas no mercado", destaca o CEO da Senior, Carlênio Castelo Branco.

Para o diretor de Novos Negócios da Senior, Alencar Berwanger, o anúncio fortalece a entrada da companhia no rol das grandes marcas brasileiras de tecnologia. "Neste ano alcançamos o faturamento de R$ 300 milhões, investindo em novos negócios e soluções cada vez mais aderentes. Agora passamos a ter um portfólio ainda mais completo não só para os clientes da Senior, mas também para os clientes da Mega", comenta.

A partir de agora a Senior também passa a investir na Zero One, startup de soluções para construção, que até então era investida por acionistas da Mega. A marca conta com dois sistemas 100% cloud: Obra Prima, solução de ERP para construtores de pequeno porte, e Portal de Repasses, para gestão do processo de crédito imobiliário. Wilson Pacheco, fundador da Zero One, também reforça que o investimento pela Senior cria uma nova perspectiva para a marca. "Temos a certeza de que será uma oportunidade de alavancar os negócios e nos tornarmos uma importante opção para o mercado quando o assunto é soluções para transformação digital", conclui.


Cientista de dados: seja investigativo, analítico e curioso

Não há um perfil delimitado para o cientista de dados, o que significa que ele pode ser um 'profissional mais rodado e experiente' ou uim jovem recém-saído das universidades. Mas há um ponto essencial: a multidisciplinaridade, aponta o professor e especialista em ciência de dados do Instituto de Gestão e Tecnologia da Informação (IGTI), João Carlos Barbosa.

Serpro busca parceria com bancos para emissão de certificado digital

Chamamento público espera identificar oportunidades de negócios que fomentem a massificação das assinaturas digitais. 

Huawei diz ter estoque suficiente para atender demanda nacional

Diretor senior de Relações Públicas e Governamentais da empresa, Atílio Rulli, assegurou que o estoque da fabricante está 'em linha com que é visto no mundo'. Hoje a Huawei produz localmente 40% dos equipamentos que vende às operadoras, ISPs e empresas brasileiras.

Acesso Digital recebe aporte e entra na briga pelo mercado de Telecom

Empresa, criada em 2007, trabalha com reconhecimento facial e assinatura eletrônica, recebeu um investimento de R$ 580 milhões liderado por SoftBank e General Atlantic.

Empresa brasileira de mineração e blockchain é comprada por R$ 165 milhões

A FastBlock, foi criada po rum brasileiro, em 2014, e possui cerca de 20 data centers e já minerou mais de 50 mil bitcoins. Bernado Shucman fica à frente da unidade de operação da Marathon Patent Group.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G