GOVERNO

MCTIC define nomes do time executivo para TICs

Ana Paula Lobo ... 31/01/2019 ... Convergência Digital

A reestruturação feita pelo governo Bolsonaro no Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações não mexeu com a estrutura do time executivo para TICs. Profissionais que vinham fazendo o trabalho na área foram mantidos como Octávio Caixeta, que era Diretor de Ecossistema Digital da Secretaria de Política de Informática, na SEPOD, secretaria extinta, e virou Diretor do Departamento de Ecossistemas Inovadores da Secretaria de Empreendedorismo e Inovação.

Artur Coimbra, que era Diretor de Banda Larga da Secretaria de Telecomunicações na gestão de André Borges foi mantido na função pelo novo secretário, Vitor Menezes, que veio da Anatel. José Gontijo, que estava à frente da Diretoria de Ciência, Tecnologia e Inovaçao Digital da Secretaria de Informática, na extinta SEPOD, agora, é diretor do Departamento de Ciência, Tecnologia e Inovação Digital da Secretaria de Empreendedorismo e Inovação.

Mauricio Pazini Brandão será o responsável pela Secretaria de Tecnologias Aplicadas, criada pelo ministro Marcos Pontes. Essa secretaria substitui a extinta Secretaria de Políticas Digitais (Sepod). Esse time se soma a Júlio Semeghini, que é secretário-executivo e Ministro Interino, e ao ex-secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Maximiliano Martinhão, nomeado assessor especial do ministro Marcos Pontes.





Painel Telebrasil 2019
A 63ª edição do principal encontro institucional de lideranças do setor de telecomunicações e TICs acontecerá entre os dias 21 e 23 de maio de 2019, em Brasília. Saiba mais em paineltelebrasil.org.br
Veja o vídeo

Pontes: Corte de 42% no orçamento deixa MCTIC 'com a corda no pescoço’

“Ao longo dos anos o ministério veio perdendo prestigio e o orçamento veio caindo. Precisamos de muito apoio para melhorar o orçamento para o ano que vem, porque  o deste ano já está feito”, afirmou o ministro Marcos Pontes.

Receita Federal decide cobrar IPI das impressoras 3D

Para o Fisco, a atividade de impressão em 3D caracteriza-se como uma operação de industrialização na modalidade de transformação.

"Espero que dinheiro da base de Alcântara não vire outro FUST", diz Marcos Pontes

Segundo explicou no Senado Federal, o acordo é uma autorização dos Estados Unidos para lançamentos de foguetes na base brasileira. Mas não há ainda definição de quem vai ficar com os recursos da operação comercial da base.

Félix Mendonça Junior (PDT-BA) é o novo presidente da CCT da Câmara

Parlamentar que dar atenção especial  para a discussão da chegada do 5G no Brasil e também nas novas tecnologias, entre elas, o reconhecimento facial.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G