SEGURANÇA

Mais de 30% das empresas brasileiras admitem não proteger dados de clientes e funcionários

Ana Paula Lobo* ... 18/02/2019 ... Convergência Digital

Os líderes de negócios estão à beira de uma crise de confiança por conta da transformação digital, revela o DT Index II, realizado pela Dell e pela Intel, com 4600 mil líderes empresariais no mundo. O levantamento traz um número elevado: 91% admitem que estão com os seus negócios entravados por barreiras persistentes.

O levantamento também traz que um em cada três líderes de negócios não acredita que a sua própria organização proteja os dados dos funcionários ou clientes. No Brasil, são 31% de gestores desacreditando de suas políticas de segurança. O estudo também observa que 32% não esperam que sua própria organização cumpra com regulamentos (como o Regulamento Geral de Proteção de Dados da UE).

Isso significa que quase metade (49%) dos líderes de negócios acredita que sua organização terá dificuldades para provar que é confiável nos próximos cinco anos. Já no Brasil, o otimismo é maior, com apenas 20% dos líderes tem as mesmas dúvidas. De acordo com o levantamento, as cinco barreiras para o sucesso da transformação digital são:

Preocupações com a segurança e a privacidade de dados
Falta de recursos e orçamento
Falta das habilidades e expertise certas dentro da empresa
Mudanças legislativas e de regulamentos
Cultura digital imatura

O novo Índice de Transformação Digital (DT Index II), encomendado pela Dell Technologies em parceria com a Intel e feito pela Vanson Bourne com 4.600 líderes de negócios de empresas de médio e grande porte de 42 países, revela que os programas de transformação digital de muitas empresas estão na fase inicial.

O estudo aponta que ainda há um caminho longo a percorrer rumo à maturidade: 78% dos líderes de negócios admitem que a transformação digital deve ser mais difundida em suas organizações. No Brasil, o número é ainda maior: 82%.

Mais da metade das empresas (51%) acredita que terá dificuldades para atender às demandas dinâmicas dos clientes dentro de cinco anos, no Brasil o índice é de 25%, e quase uma em cada três (30%) ainda tem receio de que sua organização possa ficar para trás, sendo 26% no mercado nacional.

*Com informações da Dell Technologies


Administradora de shopping centers revela ataque cibernético

Ao mercado a Aliansce Sonae informou que a invasão aconteceu em maio e a companhia admite que, algumas informações possam ter sido acessadas, mas que elas não eram estratégicas.

PF caça quadrilha que teria vazado dados do presidente Bolsonaro e de mais de 200 mil servidores

Ação policial acontece nos Estados do Rio Grande do  Sul e Ceará. Organização teria invadido sistemas de universidades, prefeituras e câmaras de veradores.

Para Idec, ação comprova que Metrô de SP não garante segurança de reconhecimento facial

Segundo entidade, que move processo contra o Metrô, empresa falhou em não realizar estudo para implantar a tecnologia. 

Bancos querem prisão por até 18 anos para cibercriminosos

Instituições financeiras pedem a aprovação urgente do PL 2638, apresentado na Câmara, pelo deputado Marcelo Ramos, PR/AM, que impõe punição rigorosa às fraudes cibernéticas. "A impunidade é um incentivo", diz Adriano Volpini, do Itaú-Unibanco.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G