TELECOM

Huawei: fornecedor não define política nem regra de uso da solução

Ana Paula Lobo* ... 25/02/2019 ... Convergência Digital

Não cabe à Huawei definir ou aplicar políticas ou legislações. Aos fornecedores, afirmou o vice-presidente da área de setor govenamental e utilities públicas da Huawei Enterprise, Edwin Diender, ao responder sobre as questões de segurança que envolvem os produtos da fabricante chinesa.

Para jornalistas brasileiros, no Mobile World Congress, que acontece esta semana, em Barcelona, na Espanha, Diender foi taxativo ao responder que a Huawei não usa backdoor(espionagem) em seus produtos. "Não, não usamos backdoor. Nossa preocupação de segurança é semelhante a de qualquer provedor de tecnologia. Nós fazemos a solução, testamos e a entregamos para quem compra, que define a configuração", sustentou.

Já sobre dados pessoais e privacidade, Edwin Diender, disse ao Convergência Digital, que a preocupação é obrigatória e o momento é o de se adaptar às novas regras. Diender admitiu que novos modelos de negócios estão surgindo por conta de serviços como o de reconhecimento facial, mas a implantação da tecnologia depende das regras estabelecidas pelas políticas públicas governamentais. "A plataforma é a mesma para todos os países, a solução existe, mas temos de adequar às regras de uso dos países", completa Diender. Assistam ao vídeo com Edwin Diender sobre privacidade de dados.

* Ana Paula Lobo viajou a Barcelona a convite da Huawei Brasil


Painel Telebrasil 2019
A 63ª edição do principal encontro institucional de lideranças do setor de telecomunicações e TICs acontecerá entre os dias 21 e 23 de maio de 2019, em Brasília. Saiba mais em paineltelebrasil.org.br
Veja o vídeo

Anatel propõe liberdade tarifária em chamadas de longa distância

Segundo a agência, consumidores têm amplas opções de serviço, a começar por ligações de voz sobre IP em diferentes aplicativos que usam a internet. Hoje a maior parte das teles oferece voz gratuita para vender o pacote de dados.

Marco de Telecom: CCT do Senado promete rapidez, mas quer ouvir presidente da Anatel

Os senadores da Comissão de Ciência e Tecnologia do Senado prometem uma votação rápida do novo modelo para o setor de Telecomunicações. Mas uma data para votação só deve ser definida na próxima semana, quando retorna de missão internacional a relatora do PLC 79/16, Daniella Ribeiro (PP-PB).

Anatel abre 90 dias para teles inscreverem suas inovações ao consumidor

Edital do Concurso Prática Inovadora nas Relações de Consumo nos Serviços de Telecomunicações 2019  prevê premiações separadas para pequenas e grandes empresas.

4G da Oi leva Internet e comunicação à estação brasileira da Antártica

Condições na base Comandante Ferraz - com ventos de até 200 Km/h e temperaturas recordes negativas - são inóspitas. Por vídeochamada, o comandante Geraldo Juaçaba e o diretor da Oi, Roberto Blois, falam ao Convergência Digital sobre o impacto dessa nova infraestrutura de telecomunicações na vida da base brasileira.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G