GOVERNO

Lei de Informática: PPB de componentes é o primeiro a se adequar à decisão da OMC

Ana Paula Lobo* ... 26/02/2019 ... Convergência Digital

O Processo Produtivo Básico para componentes será o primeiro a ser modificado para atender às exigências feitas pela Organização Mundial do Comércio na Lei de Informática, afirmou o secretário-executivo do Ministério da Ciência e Tecnologia, Júlio Semeghini, que está na comitiva ministerial em Barcelona, onde acontece esta semana o Mobile World Congress, maior evento da indústria de telecomunicações e que reúne mais de 100 mil pessoas.

“Vamos adequar 100% as exigências feitas pela OMC, mas precisamos negociar mais tempo. Os 90 dias concedidos, 45 dias já passaram. Trabalhamos junto com o ministério da Economia. Já fizemos as negociações e o primeiro que vamos trabalhar é o de componentes. Os demais virão em seguida”, adiantou Semeghini, que não quis, no entanto, falar em novo prazo. “É uma questão sensível, mas estamos demonstrando que vamos atender à OMC”, repetiu.

O ajuste dos “componentes”, na prática, importa na eliminação do que a Organização Mundial do Comércio chamou de “nested” PPB, ou seja, um processo produtivo básico inserido dentro de outro. Por exemplo, quando a fabricação de celulares com incentivos inclui a nacionalização das baterias também. A decisão da OMC é pela eliminação dessa modalidade.

Já o prazo de 90 dias é relativo. Com a revisão da decisão original do painel movido por Japão e Europa, na prática a OMC eliminou um tempo fixo, determinando no lugar que os incentivos considerados proibidos sejam encerrados “sem demora”. Ainda assim, o trâmite para acabar com PPBs dentro de outros PPBs é mais simples – uma portaria interministerial pode resolver. Mais complexo é substituir o incentivo associado ao IPI como política geral.

* Colaborou Luís Osvaldo Grossmann


Painel Telebrasil 2019
A 63ª edição do principal encontro institucional de lideranças do setor de telecomunicações e TICs acontecerá entre os dias 21 e 23 de maio de 2019, em Brasília. Saiba mais em paineltelebrasil.org.br
Veja o vídeo

Pontes: Corte de 42% no orçamento deixa MCTIC 'com a corda no pescoço’

“Ao longo dos anos o ministério veio perdendo prestigio e o orçamento veio caindo. Precisamos de muito apoio para melhorar o orçamento para o ano que vem, porque  o deste ano já está feito”, afirmou o ministro Marcos Pontes.

Receita Federal decide cobrar IPI das impressoras 3D

Para o Fisco, a atividade de impressão em 3D caracteriza-se como uma operação de industrialização na modalidade de transformação.

"Espero que dinheiro da base de Alcântara não vire outro FUST", diz Marcos Pontes

Segundo explicou no Senado Federal, o acordo é uma autorização dos Estados Unidos para lançamentos de foguetes na base brasileira. Mas não há ainda definição de quem vai ficar com os recursos da operação comercial da base.

Félix Mendonça Junior (PDT-BA) é o novo presidente da CCT da Câmara

Parlamentar que dar atenção especial  para a discussão da chegada do 5G no Brasil e também nas novas tecnologias, entre elas, o reconhecimento facial.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G