Tim Berners-Lee: "Me preocupa a proliferação da desinformação e sordidez na Internet" " /> Sem a Web ativa, as redes sociais não existiriam - Convergência Digital - Internet
INTERNET

Sem a Web ativa, as redes sociais não existiriam

Por Roberta Prescott* ... 13/03/2019 ... Convergência Digital

O conceito, preconizado pela revista Wired em 2010, de que a web estaria morta e a internet cada vez mais viva não faz sentido, segundo estudiosos da Rede Mundial. Em evento transmitido online para comemorar os 30 anos da World Wide Web, comemorados nesta terça-feira, 12/03, o Centro de Estudos sobre Tecnologias Web (Ceweb.br) do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br) relembrou os marcos históricos e debateu as principais tendências da Web.

“A web não está mais apenas no navegador; ela está nos aplicativos. O próprio Tim Berners-Lee comentou isto quando falaram que a web estava morta e que era o momento dos aplicativos. Mas os próprios aplicativos que temos no celular utilizam tecnologias web e têm ganhado mais força a abordagem de aplicativos chamados progressive web apps (PWA),que são aplicativos com tecnologia puramente da web que funcionam no celular, mas com experiência de um aplicativo nativo”, respondeu Newton Calegari, analista de projetos Web do Ceweb.br e W3C Brasil, à pergunta enviada pela redação da Abranet questionando o futuro da web.

Ele explicou que a barreira de desenvolvimento de PWA tem sido cada vez menor, porque as linguagens para web oferecem certa facilidade de aprendizado. “Além disso, enxergamos paradigmas novos onde a web tem avançado, como as novas interfaces com ambientes de realidade virtual e realidade aumentada na web, que podemos adicionar conteúdo com realidade aumentada para enriquecer a experiência de acesso”, explicou. Ao relembrar das três décadas da web, o criador da World Wide Web, Tim Berners-Lee, advertiu, em entrevista à BBC, que é necessária uma ação global para conter “o mergulho [da internet] rumo a um futuro disfuncional”. O especialista disse que a correção de rumo se faz urgente.

Reinaldo Ferraz, especialista em desenvolvimento do Ceweb.br e do W3C Brasil, observou que sem a Web, as redes sociais, muito provavelmente nãó exisitiriam, já que elas nascem com interface web e é interessante pontuar como as redes sociais se beneficiaram da web.  Em 2008, o HTML 5 surgiu com objetivo de atender às novas demandas do usuários e desenvolvedores, mas como ressaltou Caroline Burle, responsável pelas relações institucionais e internacionais do Ceweb.br e W3C Brasil, não foi o HTML 5 quem matou o Flash, mas, sim, a Apple, que vislumbrou que, com as funcionalidades do HTML 5, não precisaria mais do Flash.

Burle destacou também que, em 2010, respondendo à Wired, Tim Berners-Lee levantou a voz com posicionamento mais político e falou que os aplicativos estão usando cada vez mais a web e não ela estaria morrendo e que ainda é necessário trabalhar para manter a web mais aberta e fortalecê-la. “Hoje enxergamos que isto realmente aconteceu”, disse a especialista, lembrando que, em 2014, Berners-Lee apontou que os dados das pessoas estão ficando com algumas empresas e chamando atenção para a necessidade de se redescentralizar a web.

Mais recentemente, lembrou Caroline Burle, Tim Berners-Lee voltou a se pronunciar de maneira veemente sobre três pontos que precisam ser batalhados. “Estamos perdendo o controle dos nossos dados pessoais; é muito fácil espalhar notícias falsas na web e campanhas políticas que precisam ser mais transparentes. Ele tem batido nestes três pontos e em como acabar com a divisão digital no mundo, pensando políticas públicas e modelos de negócios que protejam dados pessoais”, completou.


Revista Abranet 31 . maio-julho 2020
Veja a Revista Abranet nº 31
A pandemia da Covid-19 fez a rotina mudar num piscar de olhos. E coube à internet mostrar a sua força. O aumento significativo do tráfego de dados por conta do teletrabalho e do isolamento social foi uma realidade assustadora. Veja a revista completa.
Clique aqui para ver outras edições

No Brasil, 47% indicam comprar mais pela internet após Covid-19

Pesquisa da Salesforce também indica que os brasileiros são quase duas vezes mais propensos a fazer compras por meio de redes sociais que em outros países.

Ministério Público defende rastreamento de mensagens no PL das Fake News

Para a Câmara Criminal do Ministério Público Federal, a previsão deve ser mantida porque "mostra-se útil para a investigação de diversos ilícitos". 

Fake News: Sai versão em português de chatbot gratuito de verificação para o WhatsApp

Pelo chatbot da International Fact-Checking Network, usuários do OTT podem verificar se informações específicas que receberam sobre a COVID-19 já foram classificadas como "falsas", "parcialmente falsas", "enganosas" ou "sem evidência" por verificadores profissionais.

Comércio pela internet dispara e movimenta 12% das vendas no Brasil

Segundo pesquisa da Camara-e.net e da Compre & Confie, vendas em junho foram 110% superiores há um ano. Alta no semestre beira os 60%. 

Slack acusa Microsoft de impor o Teams vinculado ao Office

OTT alega que a empresa norte-americana está vinculando o Teams ao Office para forçar a aceitação do produto, que disputa espaço com o Slack e com o Zoom nessa era de pandemia.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G