Convergência Digital - Home

ITI normatiza o uso de certificação digital na nuvem

Convergência Digital
Convergência Digital* - 18/03/2019

O Instituto Nacional de Tecnologia da Informação – ITI publicou no Diário Oficial da União – DOU desta segunda-feira, 18/03, a Portaria nº2, que disciplina o uso do certificado digital em nuvem, tecnologia que permite o uso do certificado digital em smartphones de forma totalmente segura. A normativa atualiza os requisitos para serviços de confiança de uso de chaves criptográficas e define e normaliza a Lista de Prestadores de Serviço de Confiança – LPSC.

A disponibilização da LPSC é fundamental para que os usuários do certificado digital em nuvem tenham acesso as aplicações com total mobilidade. "As aplicações vão acessar a LPSC e, a partir dela, serão conectadas aos Prestadores de Serviço de Confiança credenciados a ICP-Brasil, podendo assim, verificar a localização do certificado utilizado", detalhou o diretor de Infraestrutura de Chaves Públicas do ITI, Waldeck Araújo.

As entidades responsáveis pelas aplicações que possibilitam o uso do certificado digital em nuvem deverão atualizar as suas aplicações. "A nova normativa coloca Brasil na dianteira da certificação digital em nuvem. O sistema brasileiro opera com excelência tecnológica e normativa, possibilitando o uso do certificado ICP-Brasil em smartphones e outros aparelhos móveis com total segurança", afirmou o diretor-presidente do ITI, Marcelo Buz.

A LPSC trará as entidades credenciadas no âmbito da ICP-Brasil como Prestadores de Serviço de Confiança – PSC. A lista será publicada pelo ITI em seu site em versão textual, para leitura humana, e em XML, assinado digitalmente, no repositório da Autoridade Certificadora Raiz – AC Raiz, para processamento por máquina.


Destaques
Destaques

Rio de Janeiro terá licitação de nuvem para dados abertos do Governo

Processo está sendo conduzido pelo Ministério Público do Rio de Janeiro e ganhou 'musculatura' com a adesão do governo do Estado, revela o procurador geral da Justiça, José Eduardo Gussem.

Zipp, supermercado 100% online, expande operação com análise de dados em tempo real

Com atuação em Niterói e no Rio de Janeiro, a rede quer expandir para São Paulo em 2020 e tem a tecnologia como ponto central da estratégia.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

As lições do buraco negro e da análise de dados às empresas

Por Paulo Watanave*

O fato é que por trás das aplicações e sistemas usados nas operações já existe um grande e variado conjunto de insights e algoritmos que podem ser usados para gerar valor real às organizações e para as pessoas de um modo geral. Estima-se que menos de 10% das companhias em todo o mundo tenham estratégias bem definidas para a utilização dos recursos digitais e das informações.

Edge Computing para acelerar os negócios das empresas brasileiras

Por Henrique Cecci*

O que é, afinal, Edge Computing? Trata-se da aplicação de soluções que facilitam o processamento de dados diretamente na fonte de geração de dados. No contexto da Internet das Coisas (IoT), por exemplo, as fontes de geração de dados geralmente são "coisas" com sensores ou dispositivos incorporados.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site