Convergência Digital - Home

Globo contrata datacenter da Angola Cables em Fortaleza para CDN

Convergência Digital
Convergência Digital* - 11/04/2019

A Angola Cables, com a sua operação comercial no Brasil, anunciou uma parceria com o Grupo Globo. O acordo prevê o uso de uma Content Delivery Network (CDN), rede de fornecimento, entrega e distribuição de conteúdos em massa para usuários finais, dentro do Data Center Angonap Fortaleza, que a multinacional angolana de Telecom inaugurou na Praia do Futuro, localizada na capital cearense.

"Esta é a primeira vez que o Grupo Globo aloca seus conteúdos em Data Center fora do eixo Rio-SP, o que mostra o potencial de negócios que os conteúdos digitais passaram a ter na economia das empresas. A Angola Cables pensa que a força que o Angonap Fortaleza trará para a região é efetivamente a agregação desses conteúdos", diz António Nunes, CEO da Angola Cables.

Com esse CDN em Fortaleza, o Grupo Globo passa a contar com mais um ponto de distribuição de seus conteúdos tanto para dentro do Brasil, quanto para fora do país. O Nordeste passará a ter ligações similares ás existentes no Sul do Brasil, assim como a África passará a poder ter ligações muito mais eficientes para os seus mercados e os consumidores dos EUA estarão muito mais próximos do conteúdo brasileiro.

"Com este ponto de distribuição centralizado como é o Data Center Angonap Fortaleza, os conteúdos da rede Globo passam a ser distribuídos para o mundo de uma forma mais eficiente, pois para além do Norte e Nordeste do país. Ainda é possível estar mais perto dos Estados Unidos, África e a Europa. Com isso, esperamos um aumento da demanda do grupo, com o crescimento da distribuição em África", diz Mauricio Kilikrates, Gerente de TI Corporativo e Redes do Grupo Globo. Os valores do acordo não foram revelados.

 


Destaques
Destaques

Salesforce: blockchain é a resposta para retomada da confiança digital

Blockchain vai trazer mais rapidez, eficiência e transparência, sustenta o o diretor de Marketing da Salesforce para a América Latina, Daniel Hoe. Empresas brasileiras já testam a solução da Salesforce.

Brasil fica nas últimas posições em ranking mundial de uso de Big Data e Analytics

Brasil fica na posição 60º em 63º no uso das novas tecnologias da economia digital do Ranking de Competitividade Mundial 2019, produzido pela escola suiça IMD, com parceria no País, com a Fundação Dom Cabral. Em competitividade, País segue nas últimas posições.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

As lições do buraco negro e da análise de dados às empresas

Por Paulo Watanave*

O fato é que por trás das aplicações e sistemas usados nas operações já existe um grande e variado conjunto de insights e algoritmos que podem ser usados para gerar valor real às organizações e para as pessoas de um modo geral. Estima-se que menos de 10% das companhias em todo o mundo tenham estratégias bem definidas para a utilização dos recursos digitais e das informações.

Edge Computing para acelerar os negócios das empresas brasileiras

Por Henrique Cecci*

O que é, afinal, Edge Computing? Trata-se da aplicação de soluções que facilitam o processamento de dados diretamente na fonte de geração de dados. No contexto da Internet das Coisas (IoT), por exemplo, as fontes de geração de dados geralmente são "coisas" com sensores ou dispositivos incorporados.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site