NEGÓCIOS

Utilities correm para se adequar à LGPD, mas admitem falta de maturidade

Luis Osvaldo Grossmann e Pedro Costa ... 22/04/2019 ... Convergência Digital

Com a vigência formal da Lei Gera de Proteção de Dados (13.709/18) para junho de 2020 – a depender de como será a conversão em Lei da Medida Provisória 869/18 – as empresas correm para se ajustar às novas exigências. Mas faltam bons modelos a seguir, observou o superintendente de TI da Companhia Energética de Brasília, Carlos Monteiro.

O executivo participou de mesa redonda sobre o impacto da segurança da informação nos negócios das empresas e nas instituições governamentais, realizada pelo portal Convergência Digital, em parceria com a Unisys e a Dell EMC, em Brasília. “É um momento muito ‘legal’. São muitas regulações, a legislação que está entrando, a LGPD, regulações próprias das estatais. Isso exige que a gente repense nossos modelos de proteção de dados e priorize investimentos. Estamos olhando o mercado, nacional e internacional, buscando as melhores práticas”, diz.

“Estamos buscando benchmarks, mas ainda não conseguimos enxergar no mercado empresas que trabalham no setor de utilities que já estejam avançando. É uma corrida para atender os requisitos. Mas temos observado que mesmo consultorias ainda não têm maturidade”, acrescenta Carlos Monteiro. Segundo o superintendente de TI da CEB, é preciso maior compreensão sobre o que aponta como conceitos conflitantes.

“A gente tem buscado casos para que a gente possa aprender com eles para garantir que o ovo não fique mais caro que a gemada. Dinheiro é tudo. E a aplicação correta dos investimentos é a base da empresa. Por isso creio que o momento ainda é incipiente, de aprendizado, e acompanhando passos de empresas mais consolidadas.” Assistam a participação do superintendente de TI da Companhia Energética de Brasília, Carlos Monteiro.


Cloud Computing
Algar Telecom avança na oferta de PABX na nuvem

Solução, desenhada sob medida em parceria com a Digivox, reúne em uma única plataforma todas as funcionalidades de comunicação interna e atendimento a clientes de qualquer porte.

Trabalha com dados? Você precisa saber o que é o Lifelong Learning

Buscar o constante aprendizado é uma ferramenta essencial para qualquer profissional. Isso vale ainda mais para quem trabalha em uma área dinâmica e que requer pensamento holístico como o profissional de dados.

Unicórnio brasileiro avança operações de pagamento para décimo país

Ebanx anunciou que também vai processar pagamentos no Uruguai. "Unicórnio" com mais de US$ 1 bi, empresa está também no México, Colômbia, Argentina, Chile, Peru, Bolívia, Equador e Uruguai, além do Brasil.

Finplace amplia em mais de 200% a oferta de crédito para PMEs

Criada no final do ano passado, a plataforma já movimentou mais de R$ 50 milhões e contabiliza 108 financiadores e uma carteira com mais de 500 clientes.

No Brasil, 65% das empresas estão bem longe das regras da LGPD

Índice LGPD ABES mostra ainda que 40% das companhias brasileiras sofreram incidentes de violação nos últimos dois anos e 80% assumem que fazem, sim, coleta de dados sigilosos. "Não há mais tempo a perder", adverte o consultor da EY, Marcos Sêmola.

Positivo Tecnologia: "Falta PC para vender no varejo"

Tês meses depois da pandemia, a demanda por PCs aumentou mais de 50% no mercado nacional. “Seguramos a produção por precaução, e, agora, faltam alguns produtos para atender ao varejo", diz Norberto Maraschin Filho, vice-presidente de Negócios de Consumo e Mobilidade da Positivo Tecnologia.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G