Home - Convergência Digital

Embraer usa IA para contratar e abre 40 vagas para TI e cibersegurança

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 24/04/2019

A Embraer abre as inscrições de quatro processos seletivos para profissionais com conhecimento em Programação, para atuação no desenvolvimento de software para aeronaves. As posições têm foco em engenharia de sistemas, desenvolvimento de software embarcado, desenvolvimento de produto para cybersecurity e safety e não exigem experiência no segmento aeronáutico. Os processos visam preencher cerca de 40 vagas nas unidades de São José dos Campos, interior de São Paulo, e Belo Horizonte, Minas Gerais.
 
Os candidatos devem se inscrever pelo site https://embraer.gupy.io/ ou diretamente nos links:
https://embraer.gupy.io/jobs/40060 - Desenvolvedor de Software Embarcado
https://embraer.gupy.io/jobs/40056 - Desenvolvedor de Produto - Cybersecurity
https://embraer.gupy.io/jobs/40068 - Engenheiro de Sistemas
https://embraer.gupy.io/jobs/40069 - Safety

A Embraer conta com um método digital de recrutamento que utiliza inteligência artificial para análise primária de perfil dos candidatos. A seleção online conta com testes de perfil, inglês e programação. A cada etapa o candidato recebe um feedback automático sobre o desempenho e sua média de pontuação na avaliação. O novo processo de recrutamento adotado pela companhia gera benefícios aos candidatos ao tornar o processo mais ágil e intuitivo.

Empresa global com sede no Brasil, a Embraer atua nos segmentos de Aviação Comercial, Aviação Executiva, Defesa & Segurança e Aviação Agrícola. A empresa projeta, desenvolve, fabrica e comercializa aeronaves e sistemas, além de fornecer suporte e serviços de pós-venda. Desde que foi fundada, em 1969, a Embraer já entregou mais de 8 mil aeronaves. Em média, a cada 10 segundos uma aeronave fabricada pela Embraer decola de algum lugar do mundo, transportando anualmente mais de 145 milhões de passageiros.

A Embraer é líder na fabricação de jatos comerciais de até 150 assentos e a principal exportadora de bens de alto valor agregado do Brasil. A empresa mantém unidades industriais, escritórios, centros de serviço e de distribuição de peças, entre outras atividades, nas Américas, África, Ásia e Europa.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

13/09/2019
Plataforma de recrutamento usa IA para recrutar talentos

06/09/2019
Prepare-se! O mercado de trabalho vai mudar muito mais

26/08/2019
Depois de duas quedas, cresce emprego na indústria eletroeletrônica

14/08/2019
Prestadora de serviços de TI abre mais de 100 vagas de tecnologia em São Paulo

12/08/2019
TICs vão demandar 700 mil novos profissionais na Indústria em cinco anos

09/08/2019
Chatbot Fernanda comanda processo de escolha de estagiários do Uber no Brasil

30/07/2019
Novas demissões são alerta para indústria eletroeletrônica

29/07/2019
Empresa de software abre mais de 100 vagas em nove estados

24/07/2019
Agência canadense usa Skype para contratar brasileiros de TI

15/07/2019
Empresa do setor imobiliário abre 100 vagas para Tecnologia em São Paulo

Veja mais artigos
Veja mais artigos

A urgência de cultivar talentos para TIC no Brasil e no mundo

Por Breno Santos*

A transformação digital ainda é um desafio para muitas empresas no Brasil e a aplicação estratégica das novas soluções deve acontecer por meio de equipamentos e mão de obra qualificada.

Destaques
Destaques

TRT julga dissídio coletivo de TI em São Paulo

Decisão garante reajuste de 3,43% em todas as cláusulas econômicas e ainda prevê que nenhum trabalhador pode ser demitido nos 90 dias a contar de 28 de agosto. 

TICs vão demandar 700 mil novos profissionais na Indústria em cinco anos

Dados são do Mapa do Trabalho Industrial, feito pelo SENAI, que indicam ainda a urgência na qualificação de 10,5 milhões de trabalhadores em ocupações industriais por conta da indústria 4.0. Um dos especialistas em alta é o condutor de processos robotizados, com um incremento de 22% no número de vagas.

Dizer não é saudável para o ambiente de trabalho

A posição é defendida pelo diretor geral da Robert Half, Fernando Mantovani. Segundo ele, acumular tarefas e colocar prazos em conflito é um risco alto.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site