TELECOM

TIM quer infraestrutura única para cidades com menos de 30 mil habitantes

Ana Paula Lobo ... 08/05/2019 ... Convergência Digital

A TIM sai em defesa de se ter infraestrutura única em cidades com menos de 30 mil habitantes. Na teleconferência de resultados do primeiro trimestre de 2019, realizada nesta quarta-feira, 08/05, o CTIO da TIM Brasil, Leonardo Capdeville, disse que não faz sentido investimentos triplicados em localidades onde a receita será mais baixa. "A competição acontece nos serviços, não na infraestrutura. Acreditamos muito que há oportunidades. Nós ampliamos o acordo com a Oi para o 800 MHz e queremos mais", postulou.

Segundo ainda Capdeville, o Brasil é muito heterogêneo e não faz sentido ter três, quatro operadoras em uma mesma cidade. "Eficiência operacional precisa ser o novo nome do jogo na infraestrutura". A infraestrutura única pode ser a saída para levar a digitalização para o campo, onde há as maiores oportunidades, hoje, para Internet das Coisas.

"Se fala muito em IoT, mas, de verdade, ela será uma nova fonte de receita, mas ainda temos de ver como vai funcionar na prática", ressaltou o CEO da TIM Brasil, Pietro Labriola. Para o executivo, IoT será desafiante e exigirá uma mudança de DNA, hoje, muito desenhado para preços e serviços. "IoT é B2B. É outro modelo de precificação e de trabalho", acrescentou. A TIM prometeu mais lançamentos voltados para Internet das Coisas a partir de maio.




Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições

Teles fazem campanha por conta digital sem papel

Segundo Sinditelebrasil, 76 milhões de clientes ainda recebem faturas impressas todos os meses – em média, 152 milhões de folhas. 

Consumidores reclamam de proposta da Anatel que reduz conselho de usuários

Idec e Coalizão Direitos na Rede apontam que novo regulamento do Cdust prevê apenas um conselho nacional por operadora, no lugar dos 30 regionais atuais. E que agência suspendeu eleição com 300 mil votos. 

Projeto que torna roaming obrigatório passa na CCT da Câmara

Medida, que na prática já é prevista em leilões de espectro, vale somente para Vivo, Claro, Tim e Oi. 

STF nega recurso e TIM vai pagar multa de R$ 1 milhão por “Ilimitado” e “Liberty”

Em ação iniciada ainda em 2012, Ministério Público do DF reclamou de publicidade enganosa e restrições unilaterais nos contratos. Em nota, TIM “reitera o compromisso com a transparência das suas ofertas de planos e serviços”. 




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G