INTERNET

Peru, Colômbia, Equador e Bolívia se unem contra ICANN e Amazon

Da redação ... 27/05/2019 ... Convergência Digital

Os presidentes do Peru, Colômbia, Equador e Bolívia criticaram uma recente decisão da organização que administra o protocolo da internet, a ICANN, de conceder à varejista global Amazon os direitos sobre o domínio de internet .amazon. O Brasil lamentou, mas não participou do movimento dos países latino-americanos.

A Amazon busca os direitos exclusivos do nome de domínio .amazon desde 2012. Os países da bacia amazônica, no entanto, argumentam que o termo se refere à região geográfica e não deve ser o monopólio de uma empresa.

Os quatro líderes —o peruano Martín Vizcarra, o colombiano Iván Duque, o equatoriano Lenin Moreno e o boliviano Evo Morales— prometeram unir forças para proteger seus países do que descreveram como governança inadequada da internet.

A decisão estabelece “um grave precedente ao priorizar os interesses comerciais privados acima das considerações das políticas públicas estatais, os direitos dos povos indígenas e a preservação da Amazônia”, disseram Vizcarra, Duque, Moreno e Morales em comunicado conjunto no domingo, após se reunirem em Lima no bloco regional da Comunidade Andina. O Brasil, que possui a maior faixa da floresta amazônica, também lamentou a decisão, mas não se pronunciou com tanta ênfase.

*Fonte: Agência Reuters


Wi-Fi Alliance disponibiliza certificação para o Wi-Fi 6

O 802.11ax ou Wi-Fi 6 promete melhor desempenho por dispositivo, cobertura estendida, maior duração da bateria para dispositivos conectados por Wi-Fi 6 e protocolos de segurança.

Google vai pagar 1 bi de euros ao governo da França

O Google aceitou pagar cerca de 1 bilhão de euros às autoridades francesas para resolver uma investigação de fraude fiscal iniciada há quatro anos, acordo que pode criar um precedente legal para outras grandes empresas de tecnologia no país.

AbraHosting: ISPs tenham cuidado com os termos de uso do Microsoft SQL Server Web Edition

Entidade diz que a versão chega a custar até 17 vezes menos que uma versão Core Standard, mas que há vetos de uso significativos pela Microsoft e que estão causando penalidades aos usuários.

Procon/SP aplica multa milionária no Google e na Apple por FaceApp

Google foi multada em R$ 9,9 milhões e a Apple em R$ 7,7 milhões. O aplicativo envelhecia as pessoas nas redes sociais. Google diz que vai recorrer da punição tendo como base o Marco Civil da Internet.

Senacon investiga coleta de dados de geolocalização pelo Google

A Secretaria do Consumidor (Senacon) do Ministério da Justiça notificou o escritório brasileiro sobre uma possível violação à privacidade e à proteção de dados pessoais com a captura indevida de informações de usuários.

Revista Abranet 28 . ago/set/out 2019
Veja a Revista Abranet nº 28 O 802.11ax - ou Wi-Fi 6 - promete melhor desempenho por dispositivo, cobertura estendida, maior duração de bateria no devices conectados por ele e protocolos de segurança. E muito mais.
Clique aqui para ver outras edições

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet - Abranet

Empresas da Internet pedem mais segurança jurídica

“O Marco Civil da Internet trouxe base sólida para criar parâmetros para se ter lei mínima para a Internet seguir avançando, mas, infelizmente, vemos varias iniciativas tentando modifica-lo", afirmou o presidente da Abranet, Eduardo Parajo.

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet

  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G