TELECOM

Ao Procon, Google diz que Huawei só atualiza Android até 19 de agosto. Fabricante assegura serviços

Convergência Digital ... 06/06/2019 ... Convergência Digital

O Procon de São Paulo informou que Huawei e Google, operadoras de telefonia móvel e redes varejistas responderam à notificação emitida em 30/5, mas a maior parte das respostas não chega a tranquilizar os consumidores. A fabricante promete manter atualizações de segurança, mas a Google afirma que só haverá atualizações do sistema Android para os aparelhos chineses por 90 dias. 

“A Huawei informou que continuará fornecendo atualizações de segurança e serviços de pós-venda para todos os seus produtos, cobrindo aqueles que já foram vendidos ou ainda estão em estoque. Porém a Google informa que segue regulamento emitido pelos EUA, e que nos termos do Temporary General License, será permitido que trabalhe com a Huawei até 19/8/19 em atualizações de software e correções de segurança para modelos de aparelhos já existentes”, relata o Procon-SP. 

Por enquanto, Huawei e Google, diretamente envolvidas na guerra comercial entre Estados Unidos e China, ainda mantém suas relações, uma vez que a suspensão do fornecimento de serviços e componentes americanos foi adiada por 90 dias. 

O Procon pediu esclarecimentos às duas empresas, mas também para Vivo, Claro, Tim, Oi e Nextel, além das redes varejistas que também revendem celulares B2W (Submarino, Shoptime, Americanas), GPA (Extra, Casas Bahia, Assaí), Magazine Luiza, Walmart. Fast Shop, Carrefour e Claro não responderam.

“As empresas de varejo e operadoras de telefonia repassam a responsabilidade para as empresas Google e Huawei e entendem que o cenário ainda se mostra confuso. Nenhuma das empresas garante o reembolso de valores ou alternativas de utilização dos serviços”, informa o Procon-SP. 

A preocupação do Procon é que os consumidores que adquiriram celulares Huawei tenham a expectativa frustrada de uso dos aplicativos Google. “Ressalta-se que quando adquiriram o produto podem não ter sido informados de forma clara, prévia e adequada de eventual indisponibilidade de recursos operantes.”


Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições

Silêncio positivo para antenas passa na MP da Liberdade Econômica, mas não como o mercado esperava

Serão os órgãos públicos- os responsáveis pela burocracia excessiva e que restringem a liberação da implantação - os responsáveis por determinar um prazo máximo de resposta. MP da Liberdade Econômica também mexeu em pontos da Lei trabalhista.

Unifique compra provedor Internet em Santa Catarina

Aquisição faz parte da estratégia da Telecom catarinense de ampliar sua área de expansão e conquistar 1 milhão de residências até 2025. Unifique, hoje, atende a 116 municípios do Estado de Santa Catarina.

Anatel tem quatro vagas para comitê de defesa dos usuários

São três vagas para representantes de usuários ou entidades de defesa do consumidor, além de uma para representante de entidades de classe de prestadoras de serviços de telecomunicações.

Huawei confirma investimento de R$ 3,2 bilhões até 2022 em São Paulo

Em comunicado, a fabricante chinesa diz que o aporte de US$ 800 milhões (R$ 3,2 bilhões) acontecerá a partir de 2020 e engloba diversas iniciativas desde o suporte para a capacitação profissional de jovens em TICs até a manufatura de celulares 5G.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G