INOVAÇÃO

Adarsh Kumar, Capgemini: open banking é transformador, mas dados pertencem aos clientes

Por Roberta Prescott e Carlos Afonso ... 14/06/2019 ... Convergência Digital

As leis de proteção de dados geram tanto oportunidades quanto ameaças. "Não trate as legislações apenas como um novo projeto de compliance. Construa os alinhamentos de negócios e avalie seu posicionamento", ressaltou Adarsh Kumar, CTO e líder de cibersegurança para América Latina da Capgemini, durante palestra no CIAB Febraban 2019, realizado esta semana, em São Paulo.

Kumar orientou as instituições financeiras a aproveitarem as oportunidades a partir de novos modelos de negócios para entregar mais valor aos clientes e ao negócio. "API e colaboração são essenciais para os bancos moverem-se para frente. Avaliem as capacidades atuais dos programas de open API e determinem as maneiras de acelerar o processo", completou.

Falando sobre open banking, ele listou três pontos específicos capazes de criar impactos significativos para o ecossistema bancário: regulação para provedores terceiros; acesso à conta de pagamento e autenticação mais forte e comunicação segura. "O open banking está possibilitando tecnologias da mesma maneira que os provedores de internet o fizeram com serviços de valor agregado para o consumidor", comparou.

Para ele, open banking vai fazer pagamentos – como transferência de créditos, débitos diretos no cartão e banco online – ficarem mais seguros, aumentar a proteção ao consumidor, promover a inovação e a competição, ao mesmo tempo em que vai assegurar um nivelamento nos meios de pagamentos. Adarsch Kumar enfatizou, porém, que uma questão não pode ser esquecida: os dados pertencem aos clientes. Confira a entrevista.


TICs em Foco - TRANSFORMAÇÃO DIGITAL
Prever. Prevenir. Detectar e Responder

Essas são a exigência da remodelagem da gestão de riscos e da segurança organizacional nas corporações.

Projetos inovadores de todo o Brasil poderão receber até R$ 200 mil

Conecta Startup Brasil seleciona 100 equipes de empreendedoras e startups em estágio inicial. Não há a exigênica de CNPJ.

China diz que terá criptomoeda semelhante à Libra do Facebook

O vice-diretor do departamento de pagamentos do Banco Popular da China, Mu Changchun, diz que a moeda virtual vai proteger a soberania cambial do País. A criptomoeda pode ser usado no WeChat e no Alipay, do Alibaba.

Mão de obra é o gargalo para fazer tecnologia e inovação no Brasil

Fazer com que os jovens fiquem atraídos pela tecnologia e pelas engenharias é obrigação na jornada digital, adverte o presidente da Assespro Paraná, Adriano Krzyuy. "Temos poucas pessoas capacitadas. Precisamos mudar esse quadro logo", lamenta.

CGI.br quer ser orquestrador da inovação no Brasil

"A nossa intenção é ser uma ponte entre os laboratórios da academia, as startups e as empresas. Essa articulação nacional é necessária", diz Henrique Falhaber.

Empreendedorismo exige coragem, foco, resiliência e persistência

"O esporte de alta performance é muito semelhante a uma startup. Ele exige autoresponsabilidade e autodisciplina e uma ousadia em arriscar", observa o medalhista olímpico, Thiago Pereira.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G