Home - Convergência Digital

Procon/SP: Google e Apple respondem solidariamente por falta de informações do FaceApp

Convergência Digital - Carreira
Da redação - 25/07/2019

O Procon de São Paulo considera que Google e Apple respondem solidariamente pela falta de informações do aplicativo FaceApp, que envelhece fotos. No dia 19 de julho, as empresas foram notificadas para explicar a finalidade da coleta e armazenamento de dados dos usuários.

Em resposta, as empresas afirmaram que não são desenvolvedoras e apenas disponibilizam a plataforma para distribuição de aplicativos para os usuários. Explicaram ainda que os desenvolvedores devem concordar em proteger a privacidade dos usuários. O aplicativo FaceApp não respondeu.

O Procon aponta que nas lojas App Store e Google Play é possível consultar a política de privacidade do aplicativo, porém as permissões não estão disponíveis em língua portuguesa. O Código de Defesa do Consumidor prevê a responsabilidade solidária dos fornecedores na disponibilização dos produtos e serviços no mercado de consumo, ainda que pela ausência de informações.

De acordo com o Procon, uma equipe de fiscalização conduzirá uma apuração mais aprofundada e adotará medidas e sanções com base no Código de Defesa do Consumidor.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

17/02/2020
Tribunal de Justiça suspende regulamentação do Uber no Rio de Janeiro

13/02/2020
Na guerra do streaming, YouTube reina absoluto com 70% da atenção nos celulares

05/02/2020
Turma do TST nega vínculo de emprego entre Uber e motorista

03/02/2020
TJSP: iFood é responsável por furto cometido em entrega

03/02/2020
Fintechs, empresas de internet e consumidores pedem ajustes em regras do Open Banking

30/01/2020
Aplicativo do governo mostra devedores da União e FGTS

24/01/2020
Com apps ecológicos, equipes do Brasil vencem concurso da NASA

16/01/2020
Distrito Federal e Paraná aderem ao Táxigov, o app de transporte do governo

14/01/2020
Distrito Federal proíbe entrada de relógios inteligentes nas prisões

13/01/2020
Startup Grudi cria plataforma de serviços para o mercado imobiliário

Destaques
Destaques

5G exigirá uso de requisitos mínimos de Segurança Cibernética

Tecnologia é apontada como 'uma revolução na comunicação de dados, no potencial de emprego de equipamentos de Internet das Coisas e na prestação de novos e disruptivos serviços".

5G: Diretrizes genéricas deixam espaço para acordo entre teles e TVs

Portaria do MCTIC não detalha qual a solução para interferências, indicando somente “medidas de melhor eficiência técnica e econômica”. 

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Carro autônomo: decisões baseadas em dados vão evitar acidentes?

Por Rogério Borili *

O grande debate é que a inteligência dos robôs precisa ser programada e, embora tecnologias como o machine learning permitam o aprendizado, é preciso que um fato ocorra para que a máquina armazene aquela informação daquela maneira, ou seja, primeiro se paga o preço e depois gerencia os danos.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site