Home - Convergência Digital

Oi, com Google, quer dar novo fôlego ao SMS corporativo

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital - 26/07/2019

A Oi, está levando a plataforma Rich Communication Services (RCS) para o mercado corporativo, através do RCS Business Messaging (RBM). A tecnologia aprimora a experiência comercial oferecida através do SMS e permite que as marcas enviem mensagens mais diretas e interativas, possibilitando relacionamento transparente e seguro na comunicação com seus clientes para a realização de vendas, comunicação de serviços, atendimento, pesquisa, entre outras funcionalidades. Exclusivo para o ecossistema Android, o lançamento do RBM para grandes empresas é uma parceria entre a operadora e o Google, e também com as integradoras Infobip e Movile.

Utilizando a rede de solução de mensageria RCS, via rede móvel ou WiFi, o RBM oferece recursos multimídia mais completos e modernos para as empresas, como criar mensagens com a identidade visual da marca através de imagens, GIFs, vídeos, áudio, QR Codes, e ainda outros recursos relevantes, como selo de verificação para evitar fraudes e relatório de envio e leitura.

A aplicação também viabiliza o uso de botões para realização de chamadas, mapas, agendamento e a compra de produtos e serviços, proporcionando praticidade aos clientes e um novo canal de vendas para as empresas rentabilizarem os seus negócios. Segundo pesquisa da GSMA Intelligence, cerca de 86% dos smartphones serão habilitados para a aplicação até 2020. Para utilizar o RBM, o usuário tem que ter um smartphone Android e o aplicativo híbrido de SMS/RCS chamado Mensagens, desenvolvido pelo Google, e disponível na Google Play.

“No início do ano, realizamos a primeira campanha por RCS no Brasil para os nossos clientes do varejo e constatamos que os resultados foram muito melhores que por SMS. Tivemos uma conversão 8 vezes melhor na migração de clientes pré-pagos para planos controle em comparação ao envio do SMS. Com o RBM, estamos iniciando testes em algumas empresas como companhias aéreas e instituições financeiras e estamos com expectativa de   resultados muito positivos. Oferecemos uma evolução na maneira das empresas se comunicarem com os seus clientes trazendo inclusive novas receitas” diz Rodrigo Shimizu, diretor de Marketing Corporativo da Oi.

 

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

19/09/2019
TJ-RJ mantém condenação da Oi em R$ 200 milhões por contrato na área de games

19/09/2019
Nova lei de telecom ajuda Oi em meio bilhão de reais por ano, calcula Fitch

17/09/2019
Telefônica diz à CVM que desconhece planos para comprar Oi

16/09/2019
Oi lança caixa de streaming para conexão da TV à internet

16/09/2019
Nova lei de telecom não abre espaço para Telefônica comprar Oi

10/09/2019
Juiz manda CVM investigar compra e venda de ações da Oi

06/09/2019
Oi confirma autorização judicial para o COO, mas não oficializa saída de Eurico Teles

03/09/2019
WhatsApp está perto de liquidar de vez o SMS

02/09/2019
Oi quer captar financiamento adicional de até R$ 2,5 bilhões

30/08/2019
Oi adequa plataforma de gerenciamento, que conta com IA do Watson da IBM, à LGPD

Destaques
Destaques

América Latina tem menos de 20% de espectro disponível para novos serviços móveis

Mesmo o Brasil, que tem 609 MHz de espectro destinado aos serviços, fica bem abaixo dos 1960Mhz recomendados pela União Internacional das Telecomunicações (UIT) para 2020.

5G vai chegar a quase 60% da população em 2025

Tecnologia vai crescer muito mais rápido do que qualquer outra geração sem fio, revela estudo de megatências feito pela Huawei. O estudo também prevê que o volume anual de dados globais chegue a 180 ZB (1 ZB = 1 trilhão de GB).

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Carro autônomo: decisões baseadas em dados vão evitar acidentes?

Por Rogério Borili *

O grande debate é que a inteligência dos robôs precisa ser programada e, embora tecnologias como o machine learning permitam o aprendizado, é preciso que um fato ocorra para que a máquina armazene aquela informação daquela maneira, ou seja, primeiro se paga o preço e depois gerencia os danos.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site