GESTÃO

eSocial: Governo promete editar simplificação até o dia 30 de setembro

Convergência Digital ... 08/08/2019 ... Convergência Digital

Três secretarias especiais do Ministério da Economia – Previdência e Trabalho, Receita Federal e Desburocratização, Gestão e Governo Digital – editarão até 30 de setembro de 2019 ato normativo conjunto para modernizar e simplificar o Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (eSocial).

A norma disciplinará a forma de envio das informações ao ambiente único nacional do sistema. Segundo nota técnica sobre a Simplificação do eSocial ,assinada nesta quinta-feira (8/8), pelas três secretarias, também será apresentado o cronograma de substituição ou eliminação de uma série de obrigações hoje em vigor. Estão sendo eliminados ou simplificados diversos campos do leiaute do eSocial relativos às informações trabalhistas, a fim de tornar menos oneroso o preenchimento pelas empresas, o que não implicará a perda de investimentos feitos pelo setor público nem pelo setor privado.

De acordo com o ministério da Economia, ja foram eliminados cerca de mil campos. Ao final, haverá plataforma única, com versões específicas para pequenas, médias ou grandes empresas, evitando a necessidade de informar um mesmo dado diversas vezes. Isso reduz burocracia e custos. Esse procedimento está sob gestão da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho.

As obrigações comuns decorrentes da folha de pagamento com repercussões trabalhistas, previdenciárias e tributárias, inclusive relativas aos órgãos públicos, continuarão a ser transmitidas para o ambiente único nacional, disciplinado em ato conjunto da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho e da Secretaria Especial da Receita Federal do Brasil.

Ao promover essa série de mudanças, o Ministério da Economia simplifica e facilita o sistema, de forma a tornar a prestação de informações mais intuitiva e amigável nas plataformas web destinadas ao uso pelo empregador doméstico e pelas pequenas empresas.

Lista de obrigações

Em dezembro de 2014, entrou em vigor o Decreto nº 8.373, que instituiu o eSocial como instrumento de unificação da prestação das informações referentes à escrituração das obrigações fiscais, previdenciárias e trabalhistas, assegurando tratamento diferenciado às micro e pequenas empresas.

Agora, com o objetivo de aprimorar o sistema e contribuir para a retomada da geração de empregos e renda, o Ministério da Economia passa a implementar um amplo processo de modernização.

Abaixo, a lista de obrigações que serão disciplinadas pelo novo regramento que está sendo elaborado:

•GFIP - Guia de Recolhimento do FGTS e de Informações à Previdência Social;

•Caged - Cadastro Geral de Empregados e Desempregados para controlar as admissões e demissões de empregados sob o regime da CLT;

•Rais - Relação Anual de Informações Sociais;

•LRE - Livro de Registro de Empregados;

•CAT - Comunicação de Acidente de Trabalho;

•CD - Comunicação de Dispensa;

•CTPS – Carteira de Trabalho e Previdência Social;

•PPP - Perfil Profissiográfico Previdenciário;

•DIRF - Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte;

•DCTF - Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais;

.QHT – Quadro de Horário de Trabalho;

•Manad – Manual Normativo de Arquivos Digitais;

•Folha de pagamento;

•GRF – Guia de Recolhimento do FGTS; e

•GPS – Guia da Previdência Social


Carreira
Santander oferece 240 bolsas integrais para formar profissionais em programação

Selecionados participarão de curso de Web Full Stack , com duração de cinco meses, voltado ao mercado digital, e poderão ser convidados para os processos de seleção do banco. Iniciativa é feita em parceria com a Digital House.

Cartilha do MCTIC ao Congresso lista 150 programas que precisam de orçamento

Documento reúne sugestões como Gesac, redes de fibra óptica no Norte, Nordeste, base de Alcântara, satélite, entre outros. 

Teles adotam Código de Conduta de Telemarketing

São seis princípios básicos, entre eles ligações apenas em horários adequados e respeitar o desejo do consumidor que não quiser receber ligações. Segundo a Anatel,desde julho, quando foi criada a plataforma 'Não me Pertube', mais de dois milhões de telefones foram bloqueados para as operadoras.

Britânia adere à inteligência artificial na gestão e nos produtos

"A nossa ideia é ter pessoas qualificadas pensando em produtos melhores e não em funções repetitivas", diz a gerente de Marketing, E-commerce e parcerias da indústria, Samanta Puglia. A executiva admitiu que essa guinada já trouxe dores, entre elas, a mudança do quadro de pessoal.

Paraná adota Inteligência Artificial em serviços ao cidadão

Os serviços desenvolvidos pela Companhia de Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná (Celepar)são as ferramentas eleitas pelo Governo do Estado para ampliar a digitalização dos serviços, revela André Telles, assessor especial de Gestão Inteligente e Inovação.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G