Home - Convergência Digital

Programa Fábrica de Talentos capacita mais de 300 alunos

Convergência Digital - Carreira
Da redação - 12/08/2019

O programa Fábrica de Talentos realizado em parceria entre Inatel e Huawei alcançou 1.500 horas de treinamento realizadas para alunos do ensino superior e do ensino técnico de Santa Rita do Sapucaí-MG. Em quase dois anos de atividades 311 alunos participaram dos cursos e ações do programa. Neste ano, a Fábrica de Talentos, além de beneficiar os alunos do Inatel, também integrou 45 alunos do ensino médio técnico da ETE FMC.

As atividades e aulas realizadas nos laboratórios e salas de aula do Inatel proporcionam aos participantes uma melhor vivência do que é realizado pelos profissionais no mercado de trabalho. As aulas da primeira turma desta parceria foram encerradas no final do mês de julho. Os alunos, além de receberem os certificados no final das atividades também realizaram uma visita aos laboratórios da multinacional Huawei localizados no campus do Inatel.

"Esse projeto abriu os meus olhos para o ambiente de trabalho e para as diversas áreas de atuação de uma empresa e me fez conhecer várias áreas de interesse que eu não conhecia, expandindo meu conhecimento sobre a atuação de um engenheiro. Tudo isso me deu um norte de como guiar minha carreira. Parabéns a todos os envolvidos", comentou o aluno da ETE-FMC que participou do programa nesta primeira parceria entre Inatel, ETE FMC e Huawei, Matheus Henrique Braga Julidori.

Para a engenheira e especialista do Competence & Innovation Development Center- CIDC do Inatel, Carolina Dionísio Leão Barroso, esta nova parceria com a ETE FMC é importante, pois fortalece ainda mais o vínculo entre as duas instituições. Além disso, segundo ela, é possível proporcionar aos alunos que estão na fase final da formação técnica uma complementação teórica e uma experiência prática daquilo que será vivenciado no mercado de trabalho.

Com os alunos do ensino técnico o Programa Fábrica de Talentos abordou em sala de aula conceitos teóricos e práticos sobre as Redes Móveis e cursos de ferramentas como Excel e Autocad.  "Apoiamos a iniciativa e incentivamos fortemente a participação dos nossos alunos no programa, pois acreditamos ser esta uma excelente oportunidade de aprendizagem que contribui para a Formação Integral, uma premissa da ETE FMC. Enxergamos que o programa como um todo é capaz de desenvolver nos participantes competências e habilidades técnicas e comportamentais.  Os estudantes esperam animados pelas próximas etapas," finaliza Prof. Eduardo Abranches, Coordenador do Ensino Técnico da ETE FMC.

A parceria de sucesso entre o Inatel e a Huawei completa dezesseis anos de conhecimento compartilhado e de tecnologias desenvolvidas. O Inatel foi o primeiro credenciado nacional a treinar profissionais na certificação HANA – Huawei Authorized Network Academy, depois as duas empresas lançaram, em maio de 2017, o Fábrica de Talentos, um programa exclusivo para o Inatel, coordenado pelo CIDC.

"Os resultados da Fábrica de Talentos fazem parte da missão da Huawei em ser parceira na transformação digital de seus clientes e parceiros e de estar no Brasil para o Brasil, entendendo suas particularidades e se adaptando a elas para construir um futuro ainda mais conectado. Eu, como ex-aluno do Inatel e atualmente na Huawei, sinto muito orgulho desta iniciativa e seus resultados tão duradouros", afirmou Breno Santos, diretor de serviços da Huawei do Brasil.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

11/09/2019
Automação e IA exigem que Brasil reeduque sete milhões em três anos

09/09/2019
Centro de Inovação abre 100 vagas com jornada flexível e home office

09/09/2019
Microsoft sai da zona de conforto e levanta a voz em defesa da Huawei

09/09/2019
Governo prioriza banco de talentos para servidores federais

05/09/2019
Embraer abre 150 vagas para estágio e usa Inteligência Artificial

04/09/2019
Existem mais de 2 mil vagas abertas para DevOps no Brasil

02/09/2019
Governo esvazia Ciência e Tecnologia e corta bolsas de mestrado, doutorado e pós-doutorado

23/08/2019
Donald Trump ordena que empresas dos EUA fechem operações na China

21/08/2019
5G vai chegar a quase 60% da população em 2025

18/08/2019
Trump é pressionado e anuncia novo prazo para a Huawei atuar nos EUA

Veja mais artigos
Veja mais artigos

A urgência de cultivar talentos para TIC no Brasil e no mundo

Por Breno Santos*

A transformação digital ainda é um desafio para muitas empresas no Brasil e a aplicação estratégica das novas soluções deve acontecer por meio de equipamentos e mão de obra qualificada.

Destaques
Destaques

TICs vão demandar 700 mil novos profissionais na Indústria em cinco anos

Dados são do Mapa do Trabalho Industrial, feito pelo SENAI, que indicam ainda a urgência na qualificação de 10,5 milhões de trabalhadores em ocupações industriais por conta da indústria 4.0. Um dos especialistas em alta é o condutor de processos robotizados, com um incremento de 22% no número de vagas.

Dizer não é saudável para o ambiente de trabalho

A posição é defendida pelo diretor geral da Robert Half, Fernando Mantovani. Segundo ele, acumular tarefas e colocar prazos em conflito é um risco alto.

Técnicos são os que mais procuram especialização em Big Data

Cursos voltados para desenvolvimento Full Stack e Segurança Cibernética também são bastante demandados. No caso do big data, dos alunos formados nesta área, 45% possuem mais de 10 anos de experiência (sênior); 36% até nove anos (pleno) e 19% até três anos (recém-formados).

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site