INOVAÇÃO

João Kepler, Bossa Nova: Pouca gente sabe fazer inovação no Brasil

Ana Paula Lobo e Pedro Costa, de Curitiba, PR ... 26/08/2019 ... Convergência Digital

Muita gente fala em inovação, mas muito pouca gente no Brasil sabe fazer inovação, afirmou o empreendedor João Kepler, à CDTV, do portal Convergência Digital, durante o MyInova Summit 2019, realizado na semana passada em Curitiba, com organização da Assespro PR e da Federação Assespro.

Na sua apresentação, um dos sócios da Bossa Nova Investimentos, que já aportou mais de R$ 50 milhões em startups em 512 investimentos realizados, foi taxativo: "A palavra inovação está muito machucada. Machucada porque todo mundo fala, mas,pouca gente faz. Inovação não é criar nada novo, mas, sim, fazer algo de forma diferente para melhorar o processo existente. Inovação não é apenas tecnologia. Ela vai muito além", afirmou Kepler.

Para o empreendedor, inovação quem faz são as pessoas e não o líder da empresa. "Não adianta se intitular inovador. A sua empresa para ser inovadora tem de fazer a inovação", reforça. Já sobre as startups, João Kepler disse que a palavra startup está incompreendida no mercado brasileiro e enumera quais são os diferenciais que atraem a Bossa Nova Investimentos a pensar em um novo investimento. Assistam a entrevista com João Kepler.


TICs em Foco - TRANSFORMAÇÃO DIGITAL
Prever. Prevenir. Detectar e Responder

Essas são a exigência da remodelagem da gestão de riscos e da segurança organizacional nas corporações.

Projetos inovadores de todo o Brasil poderão receber até R$ 200 mil

Conecta Startup Brasil seleciona 100 equipes de empreendedoras e startups em estágio inicial. Não há a exigênica de CNPJ.

China diz que terá criptomoeda semelhante à Libra do Facebook

O vice-diretor do departamento de pagamentos do Banco Popular da China, Mu Changchun, diz que a moeda virtual vai proteger a soberania cambial do País. A criptomoeda pode ser usado no WeChat e no Alipay, do Alibaba.

Mão de obra é o gargalo para fazer tecnologia e inovação no Brasil

Fazer com que os jovens fiquem atraídos pela tecnologia e pelas engenharias é obrigação na jornada digital, adverte o presidente da Assespro Paraná, Adriano Krzyuy. "Temos poucas pessoas capacitadas. Precisamos mudar esse quadro logo", lamenta.

CGI.br quer ser orquestrador da inovação no Brasil

"A nossa intenção é ser uma ponte entre os laboratórios da academia, as startups e as empresas. Essa articulação nacional é necessária", diz Henrique Falhaber.

Empreendedorismo exige coragem, foco, resiliência e persistência

"O esporte de alta performance é muito semelhante a uma startup. Ele exige autoresponsabilidade e autodisciplina e uma ousadia em arriscar", observa o medalhista olímpico, Thiago Pereira.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G